Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 18 de janeiro de 2019

RESULTADO

Escola de samba Unidos da Vila Carvalho é campeã do Carnaval campo-grandense

Apuração ocorreu na noite desta quarta-feira (10), na Praça do Rádio Clube

10 FEV 2016Por RODOLFO CÉSAR E GABRIEL MAYMONE23h:35

A escola de samba Unidos da Vila Carvalho é a campeã do carnaval campo-grandense de 2016. A apuração ocorreu na noite desta quarta-feira (10), na Praça do Rádio Clube. Os quesitos analisados pelos jurados foram: bateria, samba-enredo, comissão de frente, evolução, fantasia, enredo, harmonia, alegorias e adereços, mestre-sala e porta bandeira.

Cinco agremiações concorreram ao título do grupo principal neste ano: Igrejinha, Unidos da Vila Carvalho, Deixa Falar, Catedráticos do Samba e Unidos da Vila Cruzeiro.

A Igrejinha ficou no segundo lugar, mas a diretoria da agremiação contestou o resultado. A escola perdeu pontos porque os jurados alegaram que faltaram integrantes. A diretoria contestou, alegando que tinha até mais alas e participantes do que era o mínimo exigido. 

A Polícia Militar estima que mais de 10 mil pessoas tenham comparecido ao evento, enquanto a Lienca (Liga das Escolas de Samba de Campo Grande) fala em 25 mil. Uma falha durante a explosão dos fogos de artifício fez com que seis pessoas precisassem de atendimento médico.

COMO FOI

A Unidos da Vila Carvalho homenageou o presidente da escola com o enredo “Meio século de samba- meu coração é verde e rosa. Dá ao zé o que é de Zé”, sempre fazendo menção à Estação Primeira de Mangueira.

A escola ainda foi atrapalhada pela chuva forte que caiu na Avenida Alfredo Scaff, na Praça do Papa. Muitos foliões deixaram o local, mas os integrantes da escola mantiveram a animação.

 

JULGAMENTO

Houve problemas no julgamento desde o início, quando o sistema de som falhou e o início do trabalho atrasou por cerca de uma hora.

A comissão ainda definiu que no grupo especial não haveria rebaixamento neste ano porque o sistema de iluminação da passarela do samba falhou e prejudicou algumas escolas de samba e a avaliação dos jurados.

Na hora de definir a campeão do Carnaval de 2016, a Igrejinha, campeã no ano passado, sofreu penalidades porque não teria entrado com todos os integrantes de alas. A presidente da agremiação Mariza Fontoura chegou a rasgar fichas dos jurados, conforme relatou presentes no julgamento.

"O que é triste de ver é a comunidade, a escola toda se unir para fazer um carnaval limpo, um carnaval bonito e chegar na apuração e ver uma palhaçada de acabar com o sonho de todos. Roubo descarado. Não existe rivalidade entre a escolas, o problema está nos jurados. Tirar dois pontos de uma escola alegando falta de componentes que quase estourou o limite?", reclamou Mariana Fontouro, da Igrejinha, no perfil do Facebook da agremiação.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também