Campo Grande - MS, terça, 14 de agosto de 2018

CAMPO GRANDE

Empreiteira vai fazer readequação do projeto de calçada irregular

Segundo a assessoria de imprensa, a mudança não vai gerar custos

10 AGO 2018Por MARESSA MENDONÇA E BRUNA AQUINO11h:05

A construtora responsável pela construção da calçada em zigue-zague na Rua Delegado Osmar de Camargo, no Jardim Veraneio, em Campo Grande vai readequar o projeto. A informação foi divulgada pela assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), em resposta a matéria publicada pelo Correio do Estado.

Conforme a assessoria de imprensa, a readequação do projeto não terá custo adicional para a prefeitura. O valor específico deste serviço não foi informado porque faz parte de um pacote de obras orçado em R$ 35 milhões. Estas obras são a “etapa D”, que inclui a pavimentação e drenagem da região e recapeamento de parte da Avenida Mato Grosso e Antônio Maria Coelho.

Ainda segundo a Sisep, a empreiteira havia sido orientada a não podar os ipês que estão plantados naquele ponto e a opção, naquele momento, foi contornar as árvores. Com a readequação, o projeto ficará assim: a calçada, com pisos táteis, será construída mais à esquerda, com área de drenagem natural de águas pluviais à direita, próximo das árvores.

E o titular da Sisep, Rudi Fiorese, tinha informado anteriormente à reportagem do Correio do Estado que a obra estava correta, mas acabou reconhecendo que, na possibilidade  de erro, a obra seria readequada.

A calçada localizada na Rua Delegado Osmar de Camargo, no Jardim Veraneio, em Campo Grande, foi alvo de críticas. Isto porque foi construída em zigue-zague.

Enquanto alguns citaram a preocupação em preservar as árvores outros perceberam a inadequação da obra, como é o caso de Rafael Ribeiro Mendes “Só pode ser montagem isso. Não é possível que isso seja em Campo Grande”, comentou em uma página no Facebook.

Opinião semelhante foi dada  por Milena Amorim. “Coisa de gente sem consideração. Não pensam na acessibilidade”, finalizou. (Colaborou Bruna Aquino) 


Leia Também