Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

moradias

Emha prepara retomada de
22 casas populares abandonadas

Primeira reintegração foi realizada depois de apenas três meses de análise

30 MAI 17 - 05h:00DA REDAÇÃO

Agência Municipal de Habitação (Emha) prepara a reintegração de posse de pelo menos 22 imóveis abandonados no Bairro Paulo Coelho Machado.

Depois de ação realizada no início de maio, foram identificados imóveis fechados e abandonados pelos mutuários.

Se esses donos não se manifestarem nas próximas duas semanas, terão seus imóveis retomados pelo Município. 

Em casos assim, em até três meses a reintegração pode ser feita. Foi o que aconteceu ontem no Residencial Arnaldino da Silva, na região do Jardim das Cereijeiras. Em apenas três meses – entre denúncia em fevereiro e efetiva retomada ontem –, o imóvel foi reavido e já entregue a uma nova família.

A casa popular tinha sido abandonada há pelo menos dois anos, conforme denúncia de vizinhos feita em fevereiro, e mesmo com repetitivas notificações a proprietária não compareceu à Agência. O imóvel foi entregue a nova família que deve ocupar a casa ainda hoje. 

*Leia reportagem, de Bárbara Cavalcanti, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após chuva, ônibus atola em rua não pavimentada no Cristo Redentor
ANO CHUVOSO

Após chuva, ônibus atola no Cristo Redentor

Em MS, 350 profissionais terão de rever declaração na Receita
OPERAÇÃO PANDORA

Em MS, 350 profissionais terão de rever declaração na Receita

MS pode ter recurso anual de R$ 200 milhões com mudança no Fundeb
EDUCAÇÃO BÁSICA

MS pode ter recurso de R$ 200 mi com mudança no Fundeb

Fábrica de MDF em Água Clara oferecerá 100 novos empregos
DESENVOLVIMENTO LOCAL

Fábrica de MDF em Água Clara oferecerá 100 novos empregos

Mais Lidas