Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Concorrências

Em uma semana, prefeitura suspendeu 11 licitações da gestão Olarte

Licitações eram destinadas a compra de equipamentos e suprimentos para a prefeitura

4 SET 15 - 10h:34ALINY MARY DIAS

Desde que reassumiu a prefeitura da Capital, no último dia 25 de agosto, a gestão Alcides Bernal (PP) já suspendeu pelo menos 11 processos licitatórios que eram tocados pela equipe de Gilmar Olarte (PP).

As suspensões das licitações vem sendo divulgadas no Diário Oficial de Campo Grande (Diogrande) e também no do Estado. As suspensões começaram no dia 28 de agosto, na sexta-feira.

Entre as licitações suspensas estão as destinadas para compra de material de escritório, de equipamentos e suprimentos para a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), como o caso de uma concorrência que escolheria fornecedor para um aparelho de ultrassonografia.

As suspensões continuam nesta semana e as duas últimas foram publicadas na edição desta sexta-feira (4) do Diário Oficial do Estado (DOE), na seção das municipalidades. As licitações eram destinadas para compra de material de marcenaria e de suprimentos para a Sesau.

DESERTA

Além das suspensões, outras duas licitações que estavam sendo tocadas pela equipe de Gilmar Olarte fracassaram. O motivo, dessa vez, foi a falta de empresas interessadas na concorrência, que se tornaram “desertas”. Uma delas, inclusive, era para a reforma da Unidade Básica de Saúde (UBS) da Capital.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Tecnologia terá recursos <BR>de R$ 56,7 milhões para inovação
PROJETO

Tecnologia terá recursos de R$ 56,7 milhões para inovação

Gravidez na adolescência <br> diminui em Campo Grande
2018

Gravidez na adolescência diminui em Campo Grande

Abandonadas, obras de 16 escolas vão custar mais
PARADAS

Abandonadas, obras de 16 escolas vão custar mais

Deputado pede diminuição do ICMS para compra de carros elétricos
DE 17% PARA 12%

Deputado pede diminuição do ICMS para compra de carros elétricos

Mais Lidas