Sábado, 16 de Dezembro de 2017

FIM DE ANO

Em MS, ao menos 800 presos devem ser beneficiados com saída temporária

Estimativa foi feita hoje pelo diretor-geral da Polícia Civil, Marcelo Vargas

6 DEZ 2017Por MARESSA MENDONÇA E NATALIA YAHN10h:58

O diretor-geral da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul, Marcelo Vargas Lopes, disse hoje, durante a apresentação da “Operação Boas Festas”, que os investigadores vão monitorar os presos beneficiados com a saída temporária de fim de ano.

Ele estima que 800 pessoas terão direito ao benefício em todo o Estado. O número é menor que do ano passado, quando 1.609 foram beneficiados.

“A Polícia Civil também estará atenta neste período”, declarou ele, citando perseguição e tiroteio em que integrantes de quadrilha de estelionatários acabaram presos ontem, em Campo Grande.

BENEFÍCIO

A reportagem entrou em contato com as assessorias de imprensa do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul e da Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) para ter informações sobre o número exato de presos que serão beneficiados com a saída temporária neste ano e quais regras serão para concessão do benefício.

Tanto a assessoria do TJMS quanto da Agepen responderam que o número ainda não foi finalizado e que a portaria com as regras deve ser publicada em breve.

Leia Também