Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CRISE NA EDUCAÇÃO

Professores decidem continuar greve que já dura 56 dias

Reunião da categoria foi realizada depois de encontro entre comissão e Prefeitura

5 AGO 15 - 16h:42MARESSA MENDONÇA

Em assembleia realizada na tarde desta quarta-feira (5), professores da Rede Municipal de Ensino (Reme) decidiram continuar a greve que já dura 56 dias. O encontro da categoria é resultado de reunião realizada hoje de manhã entre comissão de docentes, secretários do governo e o Chefe do Executivo Municipal.

“O prefeito disse que faria um balanço de conciliação da receita municipal que vai priorizar colocar a folha de pagamento dos servidores em dia. Só depois disso vai avaliar proposta de aumento. A categoria rejeitou por unanimidade”, pontuou Geraldo Alves Gonçalves, presidente do Sindicato Campo-Grandense dos Professores (ACP).

Ainda segundo Geraldo, outra reunião com a categoria só deve ocorrer no dia 1º de setembro.

De acordo com a prefeitura, desde dezembro do ano passado, quando mais de R$ 100 milhões referentes ao repasse do ICMS não foram depositados nas contas da Prefeitura, a situação exigiu cortes.

A folha de pagamento foi de R$ 108 milhões (março) para R$ 90 milhões (junho). Em abril, cerca de 53,9% das receitas da Prefeitura eram gastos em salários. Hoje, o número está em 53,4% e precisa chegar a 51,3%.

Ainda segundo a prefeitura, como os repasses de verbas para o cofre do município diminuíram, a folha começou a consumir mais do orçamento.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Dois hospitais de MS realizarão diagnóstico gratuito de câncer de pele
DEZEMBRO LARANJA

Dois hospitais de MS realizarão diagnóstico gratuito de câncer de pele

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus
90 DIAS

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus

Ladrão rouba mercado e é morto em confronto com policial de folga
CHOQUE

Ladrão rouba mercado e é morto em confronto com policial de folga

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal
MOSSORÓ

Juiz não aceita Jamil Name em Presídio Federal

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião