Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

SAÚDE

Em Campo Grande, vacinação
contra gripe está encerrada

Boletim informou que mais de 196 mil pessoas foram vacinadas

9 JUN 2017Por Izabela Jornada12h:52

Vacinação contra gripe está encerrada em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Campo Grande. Algumas unidades dispunham de poucas doses ainda nesta manhã e foi necessário distribuir senhas, conforme a quantidade de vacinas disponíveis para atender a população. A vacinação também encerrou em unidades de saúde da Família (UBSF). 

Em boletim divulgado no começo da tarde, a Prefeitura de Campo Grande informou que 196.337 pessoas foram imunizadas. Pessoas que não faziam parte do grupo de risco e que foram vacinadas somam 49.545.

Dados levantados até 7 de junho indicaram que 146.792 (74,24%) pessoas foram vacinadas e integram a população prioritária recomendada pelo Ministério da Saúde, que era 197.737. Destes, os idosos com mais de 60 anos é a população que mais se vacinou, atingindo a marca de 68.068 (85%), seguido pelas puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), 1.174, o que representa 67,05% da meta. 

As crianças de 6 meses a menores de 5 anos contabilizam 35.732 (64,79%). Já as gestantes somam 5.304 (49,79%) e os profissionais de saúde, 13.569 (58,71%).

O Ministério da Saúde (MS) também inseriu os professores no grupo de risco e eles somaram 6.579 doses aplicadas.

Os indígenas contabilizam 1.068 pessoas enquanto que os portadores de doenças crônicas, 12.738 (58,99%). A população privada de liberdade contabiliza 2.120 (49,75%) doses aplicadas e os e funcionários do sistema prisional, 598 (52,64%).

A previsão é de que no dia 22 de junho seja apresentado, pela Coordenadoria de Vigilância Epidemiológica (CVE), o resultado final da campanha.

A Prefeitura de Campo Grande divulgou que foi deixada uma reserva técnica de doses para ser administrada em crianças que vão tomar a vacina pela primeira vez neste ano.

*Editada às 14h52 para acréscimo de informações.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também