Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

Operação 181

Em 4 dias, sete são presos e cocaína pura avaliada em R$ 12 mil apreendida

Droga estava em posse de trio, que liderava tráfico na Vila progesso

13 AGO 15 - 11h:49Danielle Valentim e Renan Nucci

 

Com início na última segunda-feira (10), a Operação 181 realizada por investigadores da Delegacia de Combate ao Narcotráfico (Denar), prendeu sete pessoas nas regiões da Vila Progresso, Moreninha e Vila Nhanhá, em Campo Grande. Entre os detidos, cinco traficantes e 1,5 kg de cocaína pura avaliada em cerca de R$ 12 mil.

De acordo com o delegado João Paulo Sartori, a operação deve ser realizada em outros bairros com grande incidência de violência.

Das prisões, um trio que liderava o tráfico na Vila Progreso também foi detido. Além da venda realizada a usuários, Joseane Paim Aguilera, 38 anos, seu marido Otoniel Arce, 40 anos e sua irmã Roselene Paim Aguilera, 40 anos, também abasteciam outros traficantes.

Roselene e Joseane foram presas na Rua Estevão Capriata, durante a comercialização de porções de pasta base de cocaína. Depois da abordagem, os investigadores seguriam até a casa de Joseane e flagraram a chegada de Otoniel, que conduzia um veículo Fiat Siena, usado para realizar as entregas de drogas.

Dentro da residência, localizada na Rua Bauru, no Bairro Moreninhas, os policiais encontraram 1,5 quilos de cocaína pura e 0,5 quilos de pasta base de cocaína, que foram avaliadas em R$ 12 mil.

OUTRAS PRISÕES

Zilda Eloísa Gaiser da Silva, 18 anos, foi presa uma hora antes que Roselene e Joseane, também comercializando drogas na Vila Progresso. Apesar da situação, Zilda não tem ligação com as irmãs e com ela os investigadores, encontraram 28 papelotes de pasta base de cocaína dentro da calcinha.

Na Vila Nhanhá, Sônia Regina da Silva, a Soninha, que estava foragida da polícia pelo crime de tráfico, Tássia Daniele Albuquerque Romeiro, de 30 anos, com um mandato de prisão em aberto pelo crime de lavagem de dinheiro em São Paulo e Jeferson da Silva Souza, que já tem passagens por roubos e furtos na Capital, também foram presos durante a operação.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Por dia, CCZ recebe 19 pedidos para exterminar escorpiões em residências
CAMPO GRANDE

Por dia, CCZ recebe 19 pedidos para exterminar escorpiões em residências

Sisu: MEC libera acesso ao resultado; Confira
APÓS DECISÃO DO STJ

Sisu: MEC libera acesso ao resultado; Confira

Justiça suspende bloqueio de R$ 13,2 milhões em bens de sócios da Solurb
REVIRAVOLTA

Justiça suspende bloqueio de R$ 13,2 milhões em bens de sócios da Solurb

Juiz da Capital extingue ação que pretendia anular contrato com a Solurb
COLETA DE LIXO E LIMPEZA

Juiz da Capital extingue ação que pretendia anular contrato com a Solurb

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião