Segunda, 22 de Janeiro de 2018

CAMPO GRANDE

Nova diretoria da Santa Casa
toma posse na segunda-feira

Esacheu Nascimento foi reeleito para o cargo em novembro de 2017

13 JAN 2018Por NATALIA YAHN17h:44

O atual presidente da Associação Beneficente de Campo Grande (ABCG) - Santa Casa -, Esacheu Nascimento, reeleito para o cargo em novembro de 2017 em meio a críticas contra sua administração e com apenas 21 votos de diferencia do segundo colocado, irá tomar posse oficialmente para mandato de mais dois anos - biênio 2018/2020 - na segunda-feira (15). 

A solenidade está marcada para às 19h, no auditório do Carroceiro “Zé Bonito”. Além da diretoria executiva, também serão empossados os novos membros da diretoria da Associação Amigos da Santa Casa (AASC) que dão suporte na administração do hospital.  

No total 131 associados estavam aptos para votar, mas apenas 104 participaram o que resultou em 59 a 45 votos favoráveis a Nascimento, porém com a apuração total foram 71 votos contra 50. A votação conturbada, com intervenção da justiça após pedido do opositor de Nascimento, Jesus Alfredo Ruiz Sualzer - que foi vice-presidente da atual gestão - de anular a eleição foi a primeira nos 100 anos de história da ABCG. Após a derrota, Sualzer informou que iria disistir da ação.

“Que eu saiba nunca aconteceu uma situação como esta. Já houveram disputas acirradas, como decisões de dois, três votos. Mas neste nível, de furir da disputa interna e ir para a justiça foi a primeira vez. Uma ação totalmente desnecessária, pois os dois grupos objetivam o trabalho voluntário em prol da comunidade. Mas por visões diferentes, aconteceu. Enquanto nós queremos o hospital tenha sustentabilidade econômica e financeira, o outro grupo esperam que o governo compareça financeiramente, com visão derrotista. Desse jeito a gente acaba ficando doente junto com os doentes que a gente cuida”, afirmou Nascimento na época da eleição, quando saiu vencedor.

O plano de trabalho proposto para o próximo biênio ainda não foi apresentado pela diretoria eleita. Nascimento diz ter como preocupação imediata o início do funcionamento do Hospital do Trauma - unidade ainda em construção na Santa Casa, que deveria ficar pronta em dezembro, mas até agora não tem data. Desde a posse de Nascimento, no primeiro mandato em janeiro de 2016, ele aumentou em 1 mil a quantidade de funcionários do hospital.

A votação para preencher nove vagas de conselheiros e o cargo de diretor-presidente ABCG, gestora da Santa Casa de Campo Grande, aconteceu sob intenso monitoramento. Todos os votos, e as urnas, foram filmados e fotografados para servir como prova em uma possível judicialização do resultado. 

O pleito teve quatro urnas disponíveis. Uma delas para receber votos dos membros da entidade que tiveram os nomes divulgados em lista apresentada pela atual administração em 1º de novembro. Oito dias depois, a atual gestão divulgou uma nova listagem com 47 pessoas a mais. Nas outras duas urnas seriam depositados os votos de quem não pagou honorários da ABCG neste ano e outra e para quem pagou honorários de 2017 depois do prazo determinado. A apuração foi imediata após o fim do pleito, por determinaçaõ do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS). 

Os conselheiros de administração eleitos para o quadriênio 2018/2021 foram Alcides dos Santos, Antônio Moraes Ribeiro Neto, Carlos Ricartes de Oliveira, Cesar Quintas Guimarães, Gracita Hortência dos Santos Barbosa, Ivan de Araújo Brandão, Marcos Alceu da Silva Villalba, Oscar Augusto Vianna Stuhrk e Tiago Souza Campos e Martins.

Leia Também