Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

MORTE A ESCLARECER

Detento é encontrado morto na Máxima depois de reunião do PCC

Ele foi encontrado enforcado pouco depois de grupo entoar gritos da facção

5 MAI 17 - 15h:12GLAUCEA VACCARI

Detento Manoel Gamarra, 32 anos, foi encontrado morto na Penitenciária de Segurança Máxima de Campo Grande, no fim da manhã de hoje.

De acordo com o boletim de ocorrência, por volta das 8h30, cerca de 460 presos foram liberados para o banho de sol.

Segundo relato dos agentes penitenciários, minutos antes do encerramento do banho de sol, por volta de 11h20, vários presos se reuniram na quadra e ecoaram gritos de ordem da facção criminosa PCC, sendo “um por todos e todos por um”, “Se Deus é por nós, quem será contra nós” e por fim, repetiram por diversas vezes a sigla PCC.

Todos foram recolhidos às 11h30 e, durante fechamento das celas, Gamarra foi encontrado no saguão superior da Ala B, pendurado por uma corda que envolvia o pescoço e estava amarrada no teto.

Equipe da perícia e delegado da 3ª Delegacia de Polícia Civil, Geraldo Marim, foram ao local. O caso foi registrado como morte a esclarecer.

Manoel Gamarra cumpria pena por tráfico de drogas, crime pelo qual foi condenado a cinco anos e seis meses de prisão em julgamento realizado em 2013. No ano passado, ele conseguiu progressão de regime, passado para o semiaberto.

No entanto, segundo processo no Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul, no primeiro dia no semiaberto, Gamarra fugiu e Justiça expediu mandado de prisão para que ele retornasse ao regime fechado.

Ainda segundo os autos do processo, detento tinha péssimo histórico prisional, demonstrado através das inúmeras faltas disciplinares cometidas no decorrer do cumprimento da pena.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Após falhas no Enem, deputada pede explicações ao Ministério da Educação
EDUCAÇÃO

Após falhas no Enem, deputada pede explicações a ministério

Após erro, prefeitura vai oficializar via lei prazo maior para lei de transporte por aplicativo
REVIRAVOLTA

Após erro, prefeito vai oficializar via lei prazo maior para lei de transporte por aplicativo

Prefeito veta projeto que obrigava espaço para venda de cerveja artesanal em eventos públicos
CAMPO GRANDE

Prefeito veta projeto que obrigava espaço para venda de cerveja artesanal em eventos públicos

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã
TRANSPORTE COLETIVO

Decreto é publicado e tarifa de ônibus volta a R$ 4,10 amanhã

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião