Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

desdobramento

Depois de acidente, polícia descobre
laboratório de droga na Capital

Mário Manegueli caiu de moto e fugiu do socorro dos Bombeiros

19 SET 2017Por RODOLFO CÉSAR E IZABELA JORNADA16h:35

Trabalho conjunto de apuração do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar, equipe do reservado da PM e Polícia Civil identificou que vítima que sofreu acidente hoje e tentou fugir de socorro tinha em sua casa, no bairro Coopharadio, um laboratório para transformar maconha em haxixe.

Até agora foram apreendidos com o suspeito R$ 6.156 em dinheiro, além de ao menos sete quilos de maconha, balança de precisão, arma de fogo, entre outros materiais.

Mário Manegueli, 60 anos, estava com uma moto de luxo avaliada em R$ 50 mil e sofreu uma queda hoje pela manhã na Avenida Interlagos, na Capital. Socorro foi chamado, mas o motociclista fugiu. Os Bombeiros do 1º Grupamento o encontraram nas proximidades tentando esconder uma bolsa, onde estavam seis tabletes de maconha, o dinheiro e três celulares.

Durante depoimento aos policiais, Manegueli entrou em contradição diversas vezes e comentou que trabalhava como instalador de ar condicionado, mas não tinha registro em carteira. Também não soube dar detalhes como tinha comprado a moto modelo Suzuki 1000 cc, modelo 2017. O veículo estava quitado.

Na vistoria feita na Rua Onix, no bairro Coopharadio,endereço dado pelo suspeito, os policiais encontraram toda uma estrutura para preparação de droga e pesagem. Segundo os policiais de trânsito, o suspeito assumiu que tinha um laboratório para transformar maconha em haxixe.

A investigação ainda seguiu para um segundo local, também em Campo Grande, onde havia mais droga escondida dentro de um utilitário Troller.

A Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) assumiu o caso e será o local onde o inquérito vai ser tramitado. Ainda na tarde de hoje, mais diligências estão sendo feitas e o volume de droga apreendida pode aumentar.

Leia Também