Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEGURANÇA PÚBLICA

De folga, policial militar fere assaltante a tiro e frustra
roubo na Capital

Soldado atua em Chapadão do Sul e estava na Capital de folga, no momento do fato

24 AGO 15 - 09h:35LAURA HOLSBACK

O soldado da Polícia Militar Wesley Anderson de Moraes, 29 anos, baleou assaltante e frustrou roubo, na noite desse domingo, na Rua 26 de Agosto, nas proximidades do Horto Florestal, no Centro de Campo Grande. O militar é de Chapadão do Sul e no momento em que agiu estava à paisana e de folga. Segundo a assessoria de imprensa da instituição da segurança pública, caso ele queira, poderá pedir análise para possível promoção por ato de bravura.

Conforme informações da Polícia Militar, o soldado seguia pela Rua 26 de agosto, perto do Horto Florestal quando, ao passar por um ponto de ônibus, flagrou o assaltante, Jorge Fellipe Portilho Meza, 24 anos, que estava em uma Titan, roubando uma mulher. O policial viu o bandido tomando a bolsa da vítima, em seguida fugindo.

Wesley foi atrás do bandido, apresentou-se como militar e o mandou parar. No entanto foi desrespeitado. Então, emparelhou a moto com a do criminoso, momento em que Jorge fez menção de que iria sacar arma de fogo. Para se defender, fez dois disparos e acertou um deles na perna direita do assaltante. O outro bateu no tanque da moto.

PRISÃO

Sem condições de continuar a fuga, Jorge se entregou e foi preso em flagrante por equipe de militares que estava de plantão e foi acionada para atender a ocorrência. Ele foi levado para atendimento médico, depois à delegacia plantonista do Centro. Perto do local foi apreendido um canivete que ele usou para dominar a vítima do assalto.

De acordo com a assessoria de imprensa da PM, Jorge já tem passagens por outros roubos, além de ameaças, violência doméstica e violação de domicílio.

BRAVURA

Ainda conforme o setor, caso o policial tenha interesse, poderá solicitar abertura de sindicância para promoção por ato de bravura. O pedido é analisado pelo comando geral e, se estiver de acordo com a legislação, pode ter o benefício concedido.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Prefeitura abre nesta segunda inscrições para dois processos seletivos
CAMPO GRANDE

Prefeitura abre segunda inscrições para dois concursos

Idoso morre ao cair de escada durante poda de árvore na Capital
MORTE A ESCLARECER

Idoso morre ao cair de escada durante poda de árvore

Direção de hospital decide transferir pacientes após rebelião em presídio
MOTIM NO PARAGUAI

Direção de hospital transfere pacientes após rebelião

Homem é detido e amarrado por moradores após furtar residência
CAMPO GRANDE

Suspeito de furto é detido e amarrado por moradores

Mais Lidas