Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEGURANÇA

Corpo de Bombeiros Militar terá o reforço de seis novas unidades operacionais

Prédios já começaram a ser construídos; meta é entregar todos nos próximos quatro anos

12 JAN 19 - 10h:15GABRIELA COUTO com Assessoria

Mais seis unidades operacionais do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul nos próximos quatro anos. O planejamento é contemplars os municípios de Bela Vista, Bonito, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Verde de Mato Grosso e São Gabriel do Oeste. 

O projeto de expansão da corporação já teve início em algumas cidades. “É o caso de Rio Brilhante. A obra já passou da fase da terraplanagem e dos alicerces”, conta o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Joilson Alves do Amaral.

Em outros locais, como Bonito, estão em andamento processos de licitação. O objetivo é aumentar o atendimento operacional para servir melhor a população. O comandante esclarece que todo o Estado é assistido pelos serviços da Corporação, mas em alguns locais o tempo resposta do atendimento é tardio devido o deslocamento.

Atualmente existem 25 unidades operacionais do Corpo de Bombeiros. Em alguns lugares há a parceria do governo do Estado com prefeituras municipais, por meio do projeto Seção Comunitária de Bombeiros, que também possibilita a expansão das atividades dos militares por Mato Grosso do Sul.

Na programa, o Governo disponibiliza militares e equipamentos. As prefeitura, por sua vez, cedem prédios para a instalação de quartéis.“Estamos apresentando o modelo para prefeitos e avaliando as possibilidades de poder atender o máximo dentro do plano de expansão da Corporação”, disse o coronel Joilson. No Estado, Nova Alvorada do Sul foi o primeiro município a ter uma Seção Comunitária do Corpo de Bombeiros. Lá, as atividades tiveram início em maio de 2017.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Bolsonaro desiste de indicar Eduardo para a Embaixada
DIZEM INTERLOCUTORES

Bolsonaro desiste de indicar Eduardo para a Embaixada

Tempestade com ventos de 131 km/h causa destruição em MS
ASSUSTOU MORADORES

Tempestade com ventos de 131 km/h causa destruição

Proprietária expulsa ciclistas que se abrigavam de chuva em posto de combustíveis
VEJA O VÍDEO

Ciclistas são impedidos de se abrigarem de chuva em posto

Estado criou 917 vagas em setembro, aponta Caged
EMPREGOS

Estado criou 917 vagas em setembro, aponta Caged

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião