Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

FALTA RECURSOS

Prefeitura ajuda com menos
de 30% custeio de idosos

Campo Grande tem 98 mil idosos, 10% da população

20 SET 17 - 18h:55IZABELA JORNADA

A Prefeittura de Campo Grande repassa R$ 1,4 mil por mês para entidades cuidarem de idosos, mas custos ficam em torno de R$ 5 mil apontou pesquisa feita pelo Conselho Regional de Economia (Corecon-MS) e divulgada em audiência pública realizada hoje na Câmara Municipal.

Os custos são com a higiene, alimentação, atendimento médico e lazer e essa defasagem estaria contribuindo o oferecimento de um atendimento abaixo da média e falta de leitos para atender a população que precisa de um asilo.

A população de idosos em Campo Grande é de 98 mil pessoas, o que corresponde a 10% do total de moradores da cidade. Em estrutura, são 17 locais que fazem acolhimento.

O Corecon-MS apontou também que a cidade não tem número de leitos suficientes para atender a demanda e que muitas entidades não trabalham com capacidade máxima por não ter recursos.

Durante a audiência pública de hoje, promovida pela Comissão Permanente de Assistência Social e do Idoso, a presidente vereadora Enfermeira Cida Amaral demonstrou preocupação com a realidade.

Ela citou o caso do Asilo São João Bosco, que pode receber 140 pessoas, mas trabalha com uma média de 85 idosos para não estourar a situação financeira. A entidade recebe repasse da prefeitura.

“O propósito deste trabalho é elaborar informações locais, através do comprometimento social do conselho. Os idosos estão crescendo, as instituições estão atendendo na sua capacidade máxima”, apontou o presidente do Corecon, Thales de Souza Campos.

“Que este diagnóstico possa ser útil para promover políticas públicas para a melhoria do atendimento ao idoso em Campo Grande”, complementou.

Entre os problemas já constatados pelo levantamento é que falta atendimento por parte de dentistas, geriatras e outros serviços. “Por estas e outras argumentações levantadas nesta audiência é que queremos criar a Frente Parlamentar dos Direitos da Pessoa Idosa, para que possamos mostrar a real situação dos idosos de Campo Grande”, defendeu a vereadora. 

Novos encaminhamentos ainda serão elaborados pela comissão de vereadores para tentar diminuir a defasagem no atendimento ao idoso na cidade.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas
DOURADOS

Em início de noite violenta, duas pessoas são assassinadas

Incêndio em terreno baldio localizado na área central assusta moradores
BATAYPORÃ

Incêndio em terreno baldio assusta moradores

Festival do Sobá terá troca de convites do Rally dos Sertões
FEIRA CENTRAL

Festival do Sobá terá troca de convites do Rally dos Sertões

Homem morre e dois ficam feridos em acidente entre carreta e caminhonete
ACIDENTE

Homem morre em acidente entre carreta e caminhonete

Mais Lidas