Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 20 de novembro de 2018

Investigação

Comerciante tenta correr,
mas é executado com cinco tiros

Polícia não descarta possibilidade de a motivação ser acerto de contas

3 AGO 2017Por VÂNYA SANTOS E RENAN NUCCI09h:35

Comerciante Wesley Francisco de Lima, 30, morreu ao ser atingido por menos cinco tiros. Homicídio aconteceu por volta das 20h30 de ontem, em frente a residência da vítima, que fica no cruzamento da Rua Graciliano Ramos com Rua Independente, Bairro Aero Rancho. Em Campo Grande. Polícia não descarta possibilidade de a motivação ter sido acerto de contas.

De acordo com o plantonista da Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac), Giuliano Biacio, Wesley estava sentado em frente a sua casa quando um carro de passeio, preto, parou nas proximidades. Ocupantes do veículo desceram e efetuaram disparos contra a vítima, que tentou correr para a varanda, mas foi atingida.

Comerciante foi baleado por quatro tiros no abdômen e um no joelho. Ele morreu antes mesmo da chegada do socorro no local.

De acordo com o delegado, durante perícia realizada no local do crime foram apreendidas sete cápsulas de calibre .380 milímetros.

Familiares disseram à polícia, que Wesley não recebia ameaças e não tinha desentendimento com ninguém. Porém, ele tem passagens pelos crimes de apropriação indébita, estelionato, furto e receptação. Caso será apurado por investigadores da Polícia Civil.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também