Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CÂMARA MUNICIPAL

Mudança no secretariado faz CPI das contas suspender oitivias

Os trabalhos da CPI foram prorrogados por mais 90 dias

27 AGO 15 - 15h:01GABRIEL MAYMONE

A CPI das Contas Públicas – criada para investigar a crise financeira na prefeitura da Capital – foi prorrogada por mais 90 dias e as oitivas que estavam marcadas foram suspensas, uma vez que com a recondução de Alcides Bernal (PP) à prefeitura por força de liminar, haverá troca dos titulares das pastas.

O presidente da CPI, vereador Eduardo Romero (PT do B), explica que enquanto não se define quem fica ou quem é substituído nas secretarias municipais, os integrantes da comissão vão trabalhar analisando os documentos que já estão em posse da CPI, que já somam mais de 200 mil páginas.

O parlamentar esclarece que as oitivas com a Seintrha, Seplanfic e Segov vão ocorrer posteriormente por se tratar de pastas importantes e que podem esclarecer sobre a situação financeira do município. As três eram as próximas agendas, mas tiveram de ser suspensas.

A Comissão tem como objetivo investigar se o aumento de 40,34% na folha de pessoal da Prefeitura ocorreu por aumentos salariais praticados pelas gestões anteriores ou devido à nomeação de comissionados por parte do atual prefeito Gilmar Olarte.

Além disso, investiga quanto da receita de folha de pessoal é destinada aos comissionados nomeados durante a gestão do prefeito, bem como se estão efetivamente trabalhando e se os recursos destinados ao pagamento destes estão atingindo sua finalidade. Ainda saber se houve realmente redução na arrecadação do município, principalmente com relação ao ICMS, IPTU, ISS.

Já passaram por oitiva os secretários de saúde Jamal Salem; Administração, Wilson do Prado; o diretor-presidente da Funsat, Cícero Ávila, interino de educação Wilson do Prado e diretor-presidente da Funesp, José Eduardo Amâncio da Mota, o Madrugada, a titular da Secretaria de Assistência Social, Janete Belini D’Oliveira e a diretora-presidente da Agetran, Elizabeth Félix; da Semadur, Valdir Gomes e da Secretaria da Mulher, Liz Derzi e o titular da Emha, Enéas José de Carvalho Netto.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Senado aprova bagagem gratuita e abertura do setor aéreo a capital estrangeiro
MEDIDA PROVISÓRIA

Senado aprova bagagem gratuita e libera capital estrangeiro

Obra promete tratamento aprofundado sobre Direito Tributário
LANÇAMENTO

Obra promete tratamento aprofundado sobre tributos

Radares começam a multar em mais cinco pontos da Capital
FISCALIZAÇÃO

Radares começam a multar em mais cinco pontos da Capital

Após motim, agentes apreendem armas artesanais em presídio
PENITENCIÁRIA DE DOURADOS

Após motim, agentes apreendem armas artesanais em presídio

Mais Lidas