Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SEU BOLSO

Com crise, restaurantes cortam custos e fazem promoções

Aniversariante que não paga e amigo que come de graça estão entre ações praticadas

30 AGO 15 - 00h:00DA REDAÇÃO

Em tempos de economia desaquecida e mais recentemente recessão técnica declarada no País, bares e restaurantes de Campo Grande estão recorrendo à criatividade e promoções para ganharem “fôlego”, continuarem no mercado e ainda atraírem clientela em meio às adversidades. Desde o início do ano, o setor já registra queda de 20% no movimento, como reflexo da diminuição de gastos com alimentação fora do lar por parte das famílias, segundo estimativa do Sindicato de Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares da Capital.

“Como todo segmento de alimentação fora do lar, as pessoas diminuíram os gastos com supérfluos e realmente há uma queda,  de 15% a 20%, conforme conversas com associados”, reconhece José Gilberto Petinari, presidente da entidade. Porém o dirigente enfatiza que a alimentação, como todos os setores, está buscando energia para poder melhorar e a busca da inovação faz parte desse processo.

Por outro lado, lembra, repassar custo está difícil, porque numa recessão dessas, não dá para cobrar mais caro pela refeição para o cliente.  

“Tudo elevou de preço e às vezes você não consegue repassar esse custo para o consumidor. As próprias casas têm que se adaptar, conter custos e fazer campanhas internas para economizar energia elétrica, não deixar a torneira aberta para não desperdiçar água, conter o desperdício na preparação dos alimentos, até para que não se tenha os quadros de pessoal afetados —  todo mundo quer manter o seu quadro de pessoal, porque é uma das coisas mais difíceis de se formar no segmento de alimentação, e quando se forma, você precisa manter”, explicou.

(*) A reportagem, de Daniella Arruda, está na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Em um dia, PRF apreende quase <br>1,5 tonelada de droga em MS
NARCOTRÁFICO

Em um dia, PRF apreende quase 1,5 t de droga em MS

Parque dos Poderes será fechado para etapa de concurso no domingo
PM E BOMBEIROS

Parque será fechado para etapa de concurso no domingo

Litro da gasolina será vendido a R$ 2,50 no sábado em Campo Grande
FEIRÃO DO IMPOSTO

Litro da gasolina será vendido a R$ 2,50 no sábado na Capital

Audiência pública discute soluções para preservação ambiental em Bonito
PONTO TURÍSTICO

Audiência discute soluções para preservação em Bonito

Mais Lidas