Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Limpeza urbana

Com novo corte de serviços,
repasse à Solurb cai R$ 1,5 milhão

Custo mensal com trabalhos da empresa não poderá passar de R$ 6 mi

2 JUN 17 - 08h:42Eduardo Miranda

A Prefeitura de Campo Grande pretende reduzir em R$ 1,5 milhão o repasse mensal à CG Solurb, concessionária responsável pelos serviços de coleta de lixo e limpeza urbana em Campo Grande. Atualmente, o município direciona, todos os meses, um valor médio de R$ 7,5 milhões à empresa, o objetivo é que este compromisso não ultrapasse os R$ 6 milhões. 

A redução de repasses será acompanhada de corte de serviços. Poda de canteiros, capina e limpeza de bueiros estão entre as ações que serão reduzidas. Por hora, não haverá alteração no sistema de coleta de lixo, até mesmo por tratar-se de uma operação cuja demanda é permanente.

A prefeitura porém, conforme informou ontem o diretor da Agência Municipal de Regulação de Recursos Públicos (Agereg), ainda negocia pagar um preço menor pelo lixo coletado em Campo Grande.

“Existem tratativas neste sentido, e nos próximos dez dias poderemos dar mais detalhes”, disse. Caso as previsões da prefeitura se concretizem, a redução de serviços poderá representar uma economia de R$ 18 milhões aos cofres públicos nos próximos 18 meses.  

IMPACTO
O Secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fioresi, explicou que a redução de alguns serviços executados pela Solurb não terão grande impacto sobre a população.

“Nesta época do ano, chove menos, e a estratégia é aumentar o intervalo das roçadas”, detalhou. Atualmente, os canteiros das avenidas da Capital são submetidos a poda a cada 20 dias. No novo cronograma, o serviço só seria refeito em um prazo de 30 a 40 dias após a roçada. 

Reportagem completa está na edição de hoje do Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Córrego Prosa enche e quase transborda durante forte chuva
TEMPO

Córrego Prosa enche e quase transborda durante chuva

Em área movimentada, boca de lobo sem proteção oferece risco às pessoas
ALTOS DA AFONSO PENA

Boca de lobo sem proteção oferece risco às pessoas

Em uma semana, Capital confirma 497 novos casos de dengue
EPIDEMIA

Em uma semana, Capital confirma 497 novos casos de dengue

Deputados criam comissão para tratar situação de servidores
REAJUSTE

Comissão é criada para tratar situação de servidores

Mais Lidas