Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

PACAEMBU

Com dois gols nos acréscimos, Palmeiras e Corinthians empatam

Empate foi de 1 a 1 na noite de sábado

10 NOV 19 - 11h:31ESTADÃO CONTEÚDO

Com dois gols nos acréscimos, Palmeiras e Corinthians ficaram no empate por 1 a 1 na noite deste sábado, no Pacaembu. A equipe alviverde perdeu pênalti com Gustavo Scarpa e agora pode ver a vantagem do Flamengo na liderança subir para dez pontos - o clube carioca joga neste domingo contra o Bahia, no Maracanã. Já o time alvinegro, em sexto lugar, pode ser ultrapassado por Athletico-PR e Internacional no fechamento desta 32ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O clássico caminhava para terminar sem gols, até que Michel Macedo acertou um chute no ângulo de Weverton aos 46. Dois minutos depois, Bruno Henrique pegou a sobra na área e finalizou com força para empatar a partida.

O último clássico entre Palmeiras e Corinthians de 2019 aconteceu no Pacaembu porque o Allianz Parque recebeu um festival de música. O estádio municipal contou com mais de 34 mil torcedores alviverdes.

Em campo, a etapa inicial teve poucas emoções. O Corinthians até iniciou melhor o clássico, e Boselli cabeceou sozinho para a defesa de Weverton. Com o passar do tempo, porém, o Palmeiras começou a dominar as ações. A principal chance foi em chute cruzado de Gustavo Scarpa, após boa jogada de Dudu.

O Palmeiras, com jogadores mais qualificados, tinha a posse de bola e tentava encontrar espaços na defesa adversária. No Corinthians, o técnico interino Dyego Coelho adotou a mesma estratégia de sua estreia, na vitória sobre o Fortaleza na rodada passada. A equipe se defendia em duas linhas de quatro e buscava sair trocando passes da defesa, em uma espécie de esquema 3-1-5-1.

O problema dos dois times foram os vários passes errados. Os centroavantes Deyverson e Boselli praticamente não receberam bolas em boas condições. Dudu era quem mais clareava as jogadas alviverdes. Do outro lado, os meias alvinegros pouco criaram.

Para o segundo tempo, os técnicos não mexeram em suas equipes e o cenário continuou parecido, com o Palmeiras tendo mais a bola e o Corinthians praticamente sem criar. Logo no primeiro lance, Walter quase entregou. Depois, o goleiro defendeu chute de Deyverson.

Insatisfeito, Coelho fez duas trocas de uma vez: entraram Clayson e Mateus Vital nas vagas dos apagadíssimos Janderson e Pedrinho. As substituições, no entanto, não surtiram efeito. O Corinthians continuou inofensivo.

No Palmeiras, Mano Menezes também decidiu mexer. Willian e Borja deram um novo gás ao ataque, e a equipe teve pênalti marcado aos 28 minutos. Após cobrança de escanteio, a bola bateu no braço de Manoel. O árbitro analisou o vídeo e confirmou o pênalti. Gustavo Scarpa cobrou e viu Walter defender.

O pênalti perdido não desanimou o Palmeiras, que manteve a pressão até o fim da partida. Borja chutou com perigo, Bruno Henrique acertou a trave... Foram várias chances desperdiçadas.

O Corinthians, que parecia cansado, surpreendeu com o golaço de Michel. O lateral-direito pegou a sobra da defesa e, do bico de área, acertou o ângulo direito de Weverton em um forte chute cruzado. A resposta do Palmeiras foi rápida, com Bruno Henrique marcando apenas dois minutos depois. A equipe ainda tentou pressionar em busca da virada, mas o clássico terminou empatado no Pacaembu.

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 1 X 1 CORINTHIANS

PALMEIRAS - Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Thiago Santos, Bruno Henrique e Scarpa (Carlos Eduardo); Dudu, Zé Rafael (Willian) e Deyverson (Borja). Técnico: Mano Menezes.

CORINTHIANS - Walter; Michel, Manoel, Gil e Danilo Avelar; Gabriel, Júnior Urso e Ramiro (Vagner Love); Janderson (Clayson), Pedrinho (Mateus Vital) e Boselli. Técnico: Dyego Coelho.

GOLS - Michel, aos 46, e Bruno Henrique, aos 48 minutos do segundo tempo.

CARTOS AMARELOS - Marcos Rocha e Thiago Santos (Palmeiras); Gabriel (Corinthians).

ÁRBITRO - Vinicius Araujo (SP).

PÚBLICO - 34.283 pagantes.

RENDA - R$ 1.420.520,00.

LOCAL - Estádio do Pacaembu, em São Paulo.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nota premiada e Refis do TCE <br> foram aprovados em comissão
ASSEMBLEIA LEGISLATIVA

Nota premiada e Refis do TCE
foram aprovados em comissão

Escola que atende indígenas será fechada para ser sede da Fundesporte
EDUCAÇÃO

Escola que atende indígenas será fechada para ser sede da Fundesporte

Orçamento de R$ 15,8 bilhões é aprovado em primeira votação
LOA 2020

Orçamento de R$ 15,8 bilhões é aprovado em primeira votação

No Cepol, adolescentes infratores não vão se misturar com suspeitos adultos
NOVA 'DEPAC PIRATININGA'

Jovens infratores não vão se misturar com adultos no Cepol

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião