Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

AMANHÃ

Com 21 metros, tradicional bolo de Santo Antônio terá 1 mil alianças

Distribuição do bolo começa amanhã às 7h em Campo Grande

12 JUN 17 - 15h:45NATALIA YAHN

Com 21 metros, uma tonelada e 1 mil alianças, o tradicional bolo de Santo Antônio, começa a ser distribuído amanhã a partir das 7h, em Campo Grande. Para montar o famoso bolo do santo casamenteiro foram necessárias 240 formas de pão de ló, 120 quilos de farinha de trigo, 120 quilos de açúcar, 3 mil ovos, 100 litros de calda de bolo, 300 quilos de recheio, 200 litros de chantilly e 30 quilos de geleia de brilho.

O confeiteiro Nabor Marques, 65 anos, é o responsável pela confecção do bolo há sete anos. “Eu comecei a fazer a massa na terça-feira (6) e a gente só termina tudo depois de uma semana depois, com a montagem”. É na montagem que as 1 mil alianças, devidamente benzidas na missa realizada ontem (11) são colocadas no recheio. E entre todas elas há um par de ouro.

“A pessoa que pegar já pode ir ficar noiva ou casar mesmo”, garante o voluntário da montagem, Marcos Roberto Cinzado, 48 anos. Ele ao lado da esposa, Rosa Costa, 45 anos, são os responsáveis por colocar o parte de alianças no bolo. “É feito sem a presença de ninguém, só nós sabemos aonde está. E dá sorte sim, a gente sempre fica sabendo de pessoas que comeram e casaram, tem até quem não encontra aliança e casa mesmo assim”, afirma Rosa.

Até entre os voluntários que ajudam no preparo do bolo há histórias de quem encontrou a pessoa amada após comer do bolo de Santo Antônio. É o caso da técnica de enfermagem Marina das Graças, 35 anos, que se casou há aproximadamente uma década. “Eu comi e achei a aliança. Casei pouco tempo depois”. E mesmo quem já viveu a própria história de amor continua desejando que outros encontrem a felicidade no casamento.

“Eu sou viúva há um ano, eu tive eu grande amor, e agora ajudo na montagem do bolo. Quem a credita pode sim encontrar um verdadeiro amor”, afirma a aposentada Janete Cinzado - irmã de Marcos Roberto -, 62 anos. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Usinas de Jupiá e Ilha Solteira receberão testes de qualidade
HIDRELÉTRICAS

Usinas de Jupiá e Ilha Solteira receberão testes de qualidade

Instituto federal oferece 560 vagas para cursos técnicos a distância
OPORTUNIDADE

IFMS oferece 560 vagas para cursos técnicos a distância

Morre Rubens Catenacci, Embaixador da Carne de Qualidade de MS
NOTA DE PESAR

Morre Rubens Catenacci, Embaixador da Carne de Qualidade de MS

BRASIL

Cinco militares do Exército são condenados por desvio de R$ 11 milhões

Mais Lidas