Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, domingo, 18 de novembro de 2018

CAPITAL

Em trecho que parece 'labirinto', veículos colidem e 2 pessoas ficam feridas

Motorista de Escort teve corte profundo e filha dela sofreu lesão grave

21 JUL 2017Por MARIANE CHIANEZI18h:31

Dois carros se envolveram em acidente na tarde de hoje na Rua Alfenas, na Vila Planalto, em Campo Grande. Adolescente, de 15 anos, foi socorrida com suspeita de trauma na coluna cervical. 

Ela estava como passageira do carro da mãe, uma mulher de 50 anos, que conduzia um Ford Escort, e seguia pela Rua Alfenas. Motorista do segundo veículo, rapaz de 19 anos, estava com um Renault Clio na Rua João Erovaldo de Campos e ao acessar a Rua Alfenas colidiu com o Escort.

Conforme o Corpo de Bombeiros, colisão provocou o chamado “efeito chicote”, que é quando o corpo do passageiro é jogado para trás e a cabeça é projetada para frente em seguida. Isso poderia ter causado lesão na jovem.

“Ela foi transportada pelo SAMU para a Santa Casa e no momento do resgate não respondia a estímulos verbais e estava com o braço direito sem a função motora”, disse Sargento Almeida, dos Bombeiros.

Mãe da adolescente sofreu corte profundo no joelho esquerdo e foi socorrida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Leblon. Motorista do Renault Clio estava com a namorada, jovem de 20 anos, e ambos não sofreram lesões.

Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran) esteve no local e apurou que apenas a documentação do carro Clio estava atrasada. Habilitações dos motoristas estavam regulares, sendo que o jovem de 19 anos estava com carteira provisória.

SINALIZAÇÃO

Rua na qual o condutor do Clio seguia (João Erovaldo de Campos) não há placas de sinalização e BPTran identificou que a Rua Alfenas seria a preferêncial. Desta forma, não se pode afirmar que ele invadiu a pista.

Morador da região, Elton Pessoa, de 38 anos, disse que sinalização no cruzamento é precária. “Estamos no meio de um labirinto. Mal tem sinalização”, disse o microempresário.

Reportagem entrou em contato com a assessoria de comunicação Prefeitura de Campo Grande questionando sobre sinalização, mas foi informada que retorno só poderá ser dado na segunda-feira (24) por conta do horário do expediente.

 
  • Renault Clio seguia pela Rua João Erovaldo de Campos e o Ford Escort, pela Rua Alfenas
  • Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado
  • Foto: Gerson Oliveira / Correio do Estado
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também