Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Iluminação pública

Cobrança retroativa: Marcos Trad quer amenizar “problema” criado pela Câmara

Prefeito disse que município estuda parcelar cobranças não realizadas

23 JUN 17 - 16h:33Eduardo Miranda

Em audiência pública na Câmara Municipal para discutir a cobrança retroativa dos seis meses em que a Contribuição para o Custeio da Iluminação Pública (Cosip) ficou suspensa, o prefeito de Campo Grande, Marcos Trad informou que tentará “amenizar e atenuar o máximo possível, o consumidor”. 

Trad ainda disse que o município estuda parcelar as cobranças que deixou de realizar. “Para amenizar o problema criado pela Câmara Municipal”, justificou o prefeito. 

Nesta mesma audiência pública, o procurador Haroldo José de Lima revelou que cogita propor a anistia do período não cobrado. Porém, nada poderá fazer se não tiver a anuência de seu chefe, Paulo Passos. 

O município espera arrecadar R$ 42 milhões com a decisão do Tribunal de Justiça, que declarou inconstitucional lei promulgada no ano passado. A lei, de autoria do ex-vereador Edil Albuquerque, impedia que o município cobrasse a Cosip. 

Para que a decisão do tribunal seja revertida, é necessário que as partes envolvidas, Câmara Municipal, ou o procurador de Justiça, Paulo Passos, recorram da decisão. Não há, porém, qualquer indicativo de que estas instituições recorrerão da decisão que declarou lei inconstitucional. O prazo de recurso, diga-se de passagem, estaria vencido. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Carreta invade contramão, atinge moto e militar fica ferido
TRÂNSITO

Carreta invade contramão, atinge moto e militar fica ferido

PF cumpre mandados contra quadrilha que contrabandeava cigarros
OPERAÇÃO PEPPER

PF cumpre mandados contra contrabandistas de cigarros

Motoqueiro bêbado atinge veículo e criança fica gravemente ferida
ACIDENTE

Motoqueiro bêbado atinge carro e criança fica ferida

Operação faz varredura em  conjuntos habitacionais
POLÍCIA CIVIL

Operação faz varredura em conjuntos habitacionais

Mais Lidas