Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 13 de novembro de 2018

CONSUMIDOR

Cesta Básica fica 13,20% mais cara neste ano na Capital

Em julho, alta foi puxada pela batata e pão frânces

5 AGO 2015Por GABRIEL MAYMONE18h:40

A pesquisa da cesta básica individual registrou variação de 20,44% no período de 12 meses, 8,89% nos últimos seis meses e 13,20% no ano.

A batata e o pão francês foram os vilões da cesta básica em Campo Grande no mês de julho registrando leve alta no consumo do orçamento doméstico em comparação ao mês de junho. Os dados foram divulgados pelo Governo do Estado de MS e elaborados pela Coordenadoria de Estatística da Semad (Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico).

De acordo com a pesquisa, tanto na cesta básica individual quanto na cesta básica familiar a batata e o pão francês figuram entre os alimentos com maior percentual de aumento. Comparando os preços nos meses de junho e julho a variação na cesta individual foi: batata 4,68%; pão francês 4,34%; e na familiar: batata 4,70%; pão francês 4,35%.

De acordo com os analistas, a alta ocorreu em razão da baixa oferta da batata no mercado nacional devido ao clima adverso no período do plantio, o que ocasionou perdas na safra passada, diminuindo o volume da batata no mercado nacional. Já o aumento do pão francês foi influenciado pelo aumento do dólar – uma vez que o trigo consumido no país vem principalmente do exterior, custo maior dos combustíveis e aumento da energia elétrica – muito utilizada nos fornos.

São pesquisados 15 produtos, sendo que destes, nove registraram alta: batata 4,68%; pão francês 4,34%; carne 2,95%; leite 2,59%; macarrão 2,29%; margarina 1,62%; alface 1,58%; arroz 1,01% e açúcar 0,74%.

Os alimentos que registraram queda de preço foram: laranja 8,22%; banana 6,09%; tomate 4,80%; sal 2,17%; óleo 1,67% e feijão 0,48%.  

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também