Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Estimativa da PM

Cerca de 35 mil pessoas enfrentam calor e assistem ao desfile no centro da Capital

Organização esperava público de 50 mil participantes

26 AGO 2017Por VÂNYA SANTOS E NATÁLIA YAHN09h:45

Cerca de 35 mil pessoas, segundo dados da Polícia Militar (PM), enfrentaram calor e pretigiaram o desfile cívico-militar em comemoração ao aniversário de 118 anos de Campo Grande, que aconteceu no cruzamento da Rua 14 de Julho com Avenida Afonso Pena, no centro da Capital. Dos 35 mil presentes, cerca de 12 mil desfilaram.

A expectativa dos organizadores era de que 50 mil pessoas assistissem ao evento, mas a meta não foi atingida.

Forte Calor

Quem foi até o centro de Campo Grande para prestigiar o desfile teve que enfrentar as altas temperaturas. Um aluno da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) passou mal enquanto desfilava e precisou de atendimento.

Autoridades também sentiram o desconforto do forte calor. Palanque composto por autoridades ficou exposto ao sol e o prefeito Marcos Trad, por exemplo, se protegeu colocando uma folha de papel sobre o rosto.

Já as esposas do prefeito e do governador se abanaram com leques até que deixaram o palanque para se abrigar na sombra.

De acordo com a Defesa Civil, durante o evento, unidade relativa do ar estava em 40%.

 
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Natália Yahn / Correio do Estado
  • Natália Yahn / Correio do Estado
  • Natália Yahn / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
  • Bruno Henrique / Correio do Estado
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também