terça, 17 de julho de 2018

Santa Mônica

Casa de adolescente suspeito de matar e queimar corpo
de jovem é incendiada

Mãe de adolescente acredita que crime tenha sido motivado por vingança

13 AGO 2015Por Danielle Valentim09h:32

A casa de um dos adolescentes suspeitos de matar Marcos Vinícius de Oliveira, de 20 anos, na madrugada de segunda-feira (10), na região da saída para Terenos, foi incendida na madrugada desta quinta-feira (13). O imóvel localizado no residencial Santa Mônica foi destruído pelo fogo e, segundo a mãe do adolescente, o crime pode ter sido motivado por vingança.

Segundo o registro policial, foi o tio do adolescente quem avisou a família sobre o incêndio. As chamas que se propagaram rapidamente destruíram todos os móveis de dentro da casa. A mãe do adolescente acredita que o crime tenha sido motivado por vingança ou retaliação, pois desde que o filho foi apontado como um dos envolvidos no assassinato de Marcos Vinícius, passou a receber ameaças.

O crime foi registrado na Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij), como incêndio e deve ser investigado.

CRIME

Os três adolescentes - dois rapazes e uma garota -, todos de 15 anos, foram apreendidos ontem (12), depois que investigações os apontaram como autores do assassinato de Marcos Vinícius de Oliveira, de 20 anos,  na madrugada da última segunda-feira (10), na região da saída para Terenos (MS).

As investigações levaram a polícia até os menores, depois que a mãe de Marcos registrou um boletim de ocorrência de desaparecimento. Os menores mataram a vítima a facadas, levaram o corpo até um matagal e atearam fogo no corpo.

Conforme a polícia, a adolescente contou para o namorado que Marcos teria tentado estuprá-la. O casal, então, chamou um amigo e planejou o crime. 
 

Leia Também