Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

começa na segunda

Campanha vai ter 14 tipos de vacinas disponíveis para adultos e crianças

São 66 salas de UBSs e UBSFs que receberão público

6 SET 2017Por DA REDAÇÃO18h:07

A Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização de Caderneta de Vacinação começa na segunda-feira (11) em Campo Grande. Serão 66 salas de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e de Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF) disponíveis para aplicação das doses. A ação vai até 22 de setembro.

O "Dia D" estabelecido pelo Ministério da Saúde é o sábado (16), quando haverá mobilização nacional.

"A multivacinação é uma estratégia que o Programa Nacional de Imunização (PNI) vem adotando desde 2012 com a finalidade de atualizar a situação vacinal da população de crianças e adolescentes menores de 15 anos de idade (14 anos 11 meses e 29 dias), mas adultos que procurarem as unidades, também terão as cadernetas atualizadas", informou nota da Prefeitura de Campo Grande.

Todas as vacinas que fazem parte do Programa Nacional de Imunização estarão disponíveis. Também foram incluídas nesse período as da febre amarela e a BCG, que tem cronograma específico.

Para receber as vacinas é preciso apresentar a caderneta de vacinação, o Cartão SUS e o número do prontuário da rede municipal de saúde.

“O Ministério da Saúde não determina uma meta para esta campanha, porém todas as doses administradas são registradas no prontuário do paciente como forma de controle”, explicou a coordenadora da Divisão de Imunização da Sesau, Emmanuela Lopes.

As salas de vacinação nas 66 UBSs/UBSFs funcionam de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h e das 13h às 17h. A recomendação é que o paciente chegue na unidade até às 10h e 16h para facilitar o fluxo de atendimento e colaborar com o encerramento do período do expediente.

VEJA AS DOSES DISPONÍVEIS

BCG (formas graves de tuberculose);
Hepatite A;
Penta Valente/DTP (hepatite B, difteria, tétano, coqueluche e haemophilus influenzae B);
Hepatite B;
VIP/VOP (vacina contra a poliomielite);
Rotavírus humano;
Pneumocócica 10 valente;
Meningocócica C conjugada;
Tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola);
Tetraviral (sarampo, caxumba, varicela e rubéola) ou tríplice viral + varicela (atenuada);
dT (difteria e tétano);
dTpa (difteria, tétano e coqueluche acelular);
HPV (papiloma vírus);
Febre amarela.

Leia Também