Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

REGIME DE URGÊNCIA

Câmara aprova R$ 51,6 milhões em crédito suplementar para prefeitura

Projeto vai atender várias secretarias

16 ABR 19 - 13h:33RENATA VOLPE

A Câmara de Vereadores de Campo Grande, aprovou nesta terça-feira (16) em regime de urgência crédito suplementar pedido pela prefeitura, no valor de R$ 51.643 milhões para adequação da Lei Orçamentária de 2019.

No pedido feito aos vereadores, a justificativa do pedido é que o Executivo está buscando o equilíbrio na execução orçamentária, entretanto ajustes ainda se fazem necessários.

A suplementação foi enviada para a Casa de Leis e pedida para ser votada em regime de urgência. Esse valor é destinado ao reforço das dotações orçamentárias discriminadas, sem utilização do limite de 5%.

O crédito suplementar é para atender despesas com remoção e instalação de cobertura da sede da Agência Municipal de Trânsito (AGETRAN), obras de reordenamento viário e reformas dos Terminais de Transporte Coletivo. AGEREG (Aquisição de equipamentos de informática e serviços de limpeza); SEMED, atender despesa com a construção da Escola da Vila Natália, aquisição de móveis e equipamentos para atender a REME e atendimento aos serviços de transporte escolar rural. Também para FMS (Fundo Municipal de Saúde), para despesas com ampliação e reforma de UBSF’s; adequação da carga elétrica do CCZ e ampliação das bases do Samu.

O dinheiro também será destinado para Fundos Municipais de Assistência Social (FMAS), para despesas com aquisição de veículos, combustíveis, serviços de manutenção e locação de imóveis.

Para Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento (SEFIN), destinado para despesas com juros e encargos da dívida fundada do Município; também há valor previsto para Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (SISEP), para aquisição de materiais elétricos, lâmpadas de led e postes de iluminação para atender a manutenção e ampliação da rede de iluminação pública, obras de pavimentação no bairro Cidade Morena e compra de equipamentos de informática.

O suplemento será também para Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (SEMADUR), destinado a equipamentos de processamento de dados e para Controladoria Geral De Fiscalização E Transparência (CGM), para readequação das instalações da CGM, para ampliação do novo sistema de telefonia e investimentos em equipamentos. Por fim, será também para Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SECTUR), para  despesas com a manutenção dos serviços da Sectur.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Segunda etapa da campanha de vacinação começa nesta segunda
GRIPE

Segunda etapa da campanha de vacinação começa segunda

Feriado sem mortes, mas 1,6 mil são autuados por excesso de velocidade
RODOVIAS FEDERAIS

Mais de 1,6 mil são autuados por excesso de velocidade

Pacientes esperam até 6 horas por atendimento em CRS da Coophavilla
SAÚDE

Pacientes esperam até 6 horas por atendimento em CRS

Quatro são presos e mais de meia tonelada de maconha apreendida
TRÁFICO DE DROGAS

Carro é apreendido com mais de meia tonelada de maconha

Mais Lidas