Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sábado, 17 de novembro de 2018

Campo Grande

Fechamento do curso de línguas do
Estado deixa alunos inconformados

Secretaria anunciou que vai encerrar as atividades do Centro de Línguas

26 JUL 2017Por Bárbara Cavalcanti13h:06

Na semana passada a Secretaria Estadual de Educação (SED) anunciou que vai encerrar as atividades do Centro Estadual de Línguas e Libras (CEL) Fernando Peralta Filho, mas os alunos continuam inconformados e confusos com a situação. Nas redes sociais circulam mensagens de convocação para protestos em frente às avenidas Duque de Caxias e Tiradentes amanhã e ainda um aluno do curso de língua espanhola escreveu uma "carta aberta ao governador", pedindo que o centro não seja fechado.

Conforme a aluna do curso de Libras Nathielle Oliveira, de 23 anos, as informações repassadas aos alunos são divergentes. "Para uns, a secretaria diz que o curso está apenas suspenso, para outros diz que apenas o curso de inglês, espanhol e libras terão continuidade e outros ainda recebem a informação de que nada está confirmado", detalha.

Nathielle precisava da certificação para aprimorar a carreira de intérprete. "O curso tem pouca procura por parte dos alunos das escolas públicas, mas mesmo assim ainda há salas inteiras só de alunos do ensino fundamental e médio. Depois que abriu para a comunidade, tem muitas pessoas que assistem aulas, então há procura sim. Hoje mais 400 alunos iriam começar as aulas no nível inicial, mas que não vão ter aula porque a Secretaria resolveu cortar", lamentou.

A carta aberta que um aluno do curso de espanhol escreveu sobre a oportunidade que pessoas de baixa renda tiveram de assistir às aulas gratuitas. "Isso é um serviço de excelência que o seu governo presta para a população. A pessoa que não possui condições financeiras para custear o estudo de uma língua estrangeira tem a oportunidade de estudar a custo zero, oportunidade essa dada pelo Estado", está declarado na carta.

Conforme os alunos, ainda estão programados protestos em frente à escola amanhã pela manhã e à tarde.

Na semana passada, a Secretaria Estadual de Educação (SED) informou ao Correio do Estado que vai encerrar as atividades do CEL-MS nas cidades de Campo Grande e Dourados. Na nota, a SED alega que o curso atendia apenas 25% dos alunos que se encaixavam no perfil prioritário a ser atendido pela iniciativa, que são estudantes que cursam o ensino médio e suas modalidades nas redes públicas de ensino, ou aqueles que são bolsistas em escolas particulares.

A nota ainda falava que a secretaria afirmou, que por conta do contexto atual e do fato de que o CEL não está vinculado ao atendimento dos aspectos prioritários da Educação Básica prevista em lei, “a SED dará início ao processo de descontinuidade dos módulos dos cursos atualmente em andamento no CEL”.

Após o encerramento, professores efetivos que trabalham nos locais serão remanejados pra outras unidades da Rede Estadual de Ensino. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também