Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

MUDANÇA DE ENTENDIMENTO

Após conversa com Moro,
senador de MS repensa Coaf

Ministro declarou que eficácia do conselho aumentou em 20%

24 MAI 19 - 10h:59IZABELA JORNADA

Após conversa com o ministro da Justiça Sérgio Moro, senador Nelson Trad Filho (PSD) afirmou que pode mudar entendimento no que diz respeito a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) no Ministério da Justiça. “Em viagem, Moro me disse que houve aumento de 20% das atividades do Coaf, estou aguardando os número que ele ficou de me apresentar na segunda-feira (27)”, declarou o senador.

O senador tinha votado a favor da permanência do Coaf na Economia em discussão que ocorreu no início do mês, na comissão especial que analisa a media provisória. “Estudei o projeto e vi que existe comunicação entre os ministérios e então pensei em não mexer em algo que está dando certo”, justificou.

Sobre as manifestações populares, Nelson Trad Filho ponderou a opinião da sociedade e disse que as pessoas não estão entendendo a maneira como parlamentares estão votando. “Elas acham que quem vota para ficar na economia é porque é a favor da corrupção, mas o Coaf sempre atingiu seus objetivos”, explicou ele.

SENADO

Senadores de Mato Grosso do Sul terão que votar a proposta aprovada no Congresso Nacional que reconduz o Coaf para o Ministério da Economia. 

A senadora Simone Tebet (MDB) já anunciou que vai manter seu voto a favor da manutenção do conselho nas mãos de Moro. De acordo com Nelson Trad, a senadora Soraya Tronicke também compactua com o mesmo entendimento de Tebet. "Estou em conversação com as duas (senadoras)", afirmou.

A discussão no Senado poderá ocorrer na próxima sessão, terça-feira (28). Lembrando que o Congresso tem até o dia 4 de junho para resolver a questão, do contrário, o Coaf retorna para o ministério da Economia, automaticamente.

Porém, mesmo que o Senado reprove a decisão da maioria dos deputados federais, a proposta retorna para a Câmara dos Deputados e após a votação em plenário, se o placar se repetir, a matéria segue para sanção de Bolsonaro.

COAF

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) tem como missão produzir inteligência financeira e promover a proteção dos setores econômicos contra a lavagem de dinheiro e o financiamento do terrorismo. 

O Coaf recebe, examina e identifica ocorrências suspeitas de atividade ilícita e comunica às autoridades competentes para instauração de procedimentos. Além disso, coordena a troca de informações para viabilizar ações rápidas e eficientes no combate à ocultação ou dissimulação de bens, direitos e valores. 

O Conselho aplica penas administrativas nos setores econômicos para os quais não exista órgão regulador ou fiscalizador próprio. 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Selva urbana, Hospital São Julião é reduto de animais silvestres na Capital
FOTOGRAFIA

Selva urbana, Hospital São Julião é reduto de animais silvestres na Capital

Polícia investiga se morte de bebê de 7 meses foi por maus-tratos
CASAL PRESO

Polícia investiga se bebê de 7 meses morreu por maus-tratos

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso
CASO DO TRIPLEX

Por 3 a 2, 2ª Turma do STF decide manter Lula preso

Médicos que faziam dupla jornada devem devolver R$ 300 mil
IMPROBIDADE ADMINISTRATIVA

Médicos devem devolver
R$ 300 mil por dupla jornada

Mais Lidas