Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

rua da divisão

Adolescente foge de briga em
baile e morre com tiro no pescoço

Tiro teria sido disparado por segurança de festa

10 JUN 17 - 12h:30RODOLFO CÉSAR E IZABELA JORNADA

Adolescente morreu por possível bala perdida quando fugia de briga que aconteceu em baile funk. O evento foi realizado em um clube que fica na Rua da Divisão, em Campo Grande. O crime aconteceu por volta das 2h30.

As primeiras informações são de que o tiro foi disparado por um segurança. Ele teria disparado a arma para tentar conter uma briga generalizada.

Testemunhas relataram que Junior de Souza, de 17 anos, estava na festa, mas não se envolveu na confusão. Quando foi atingido, ele estava a alguns metros do local onde acontecia a festa. A vítima morreu na hora e não houve tempo para socorrê-la. 

A Pax Nippon fez a remoção e Polícias Militar e Civil foram acionadas para tentar localizar o segurança, que não estaria mais no baile. A perícia criminal também foi à cena do crime para levantar provas.

A reportagem tentou contato com delegados das Delegacias de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) de Campo Grande, mas eles não foram encontrados para comentar o caso. Não há informação, até a publicação desta matéria, que o segurança autor do disparo, foi preso.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
POLÍTICA

Com problemas de saúde, Zeca deixa presidência do PT

Em um ano, número de queimadas quase dobram em Campo Grande
MEIO AMBIENTE

Em um ano, número de queimadas quase dobram, aponta comitê

Governo lança em dezembro edital de parceria público-privada com valor de R$ 3,8 bilhões
PRIVATIZAÇÃO

Edital de parceria público-privada será lançado em dezembro com valor de R$ 3,8 bilhões

Saúde alerta para baixa vacinação contra sarampo
ATENÇÃO!

Saúde alerta para baixa vacinação contra sarampo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião