Quinta, 22 de Fevereiro de 2018

JÚRI

Acusado de homicídio por causa de celular é condenado a 9 anos

Júri popular aconteceu nesta sexta-feira, na 2ª Vara do Tribunal do Júri

14 AGO 2015Por GABRIEL MAYMONE16h:51

Leandro Morande da Silva, acusado de matar Alexandre Francisco Torres a tiros para vingar o furto de um celular foi condenado, sexta-feira (14), a nove anos de prisão, pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande.

De acordo com o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ/MS), o crime aconteceu no dia 17 de abril de 2010, no Jardim Tijuca. Conforme a denúncia, Leandro matou a tiros Alexandre e atirou também em outro homem, que não ficou ferido.

Segundo o TJ, o acusado agiu por motivo torpe já que o crime foi motivado por desavenças anteriores e pelo fato de Alexandre ter furtado um celular de Leandro um dia antes do crime.

O Ministério Público considerou também que o acusado usou de recurso que dificultou a defesa das vítimas, já que se aproximou delas atirando, sem chance de defesa.

Leia Também