Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

TRANSPORTE COLETIVO

Campo Grande terá 34 ônibus
com ar-condicionado em 2020

Prefeito disse que acordo foi feito com Consórcio mesmo sem previsão contratual

23 OUT 19 - 17h:16GLAUCEA VACCARI E BRUNA AQUINO

Entre os ônibus novos que forem adquiridos no próximo ano pelo Consórcio Guaicurus, 34 terão ar-condicionado, segundo informou hoje o prefeito Marcos Trad (PSD), em agenda pública na Capital. Conforme Trad, o contrato firmado entre o Consórcio e o Executivo não prevê que os veículos tenham ar-condicionado, mas em conversa, ficou acertado que parte da frota terá os equipamentos.

“Você participa de uma licitação e lá está escrito que tem que renovar sua frota com ônibus comum. Você vence a licitação e de repente o gestor vem e fala: 'vocês tem que trazer o ar-condicionado', e aí o cara fala: 'não, eu concorri a uma licitação que não me obrigava a trazer ônibus com ar-condicionado”, explicou o prefeito.

Conforme Trad, sem a previsão contratual, houve muita conversa com o Consórcio Guaicurus, até que chegaram ao acordo de parte da frota ter veículos com ar-condicionado , mesmo sem a exigência em contrato.

Nesta terça-feira (22), foram entregues 20 ônibus convencionais do transporte coletivo, para substituir parte da frota que está vencida. Na ocasião, o presidente do Consórcio Guaicurus, João Rezende, informaria que conversaria hoje com o prefeito para definir se entre os carros novos adquiridos para o próximo ano haveria veículos equipados com ar. Segundo ele, mesmo sem a obrigação para tanto, é preciso “ouvir quem usa o serviço”.

Reunião foi realizada e, conforme Marcos Trad, houve acordo. “Eles falaram que vão trazer, só estão vendo a capacidade de investimento. Tudo onera. O interessante é a conquista que a gente já fez, nunca tivemos ônibus com ar, estamos com 34 e posso conseguir mais 34, estou conversando com eles”, afirmou Trad.

ÔNIBUS NOVOS

Neste ano o Consórcio Guaicurus adquiriu 55 novos ônibus, que começaram a chegar na semana passada em Campo Grande. Nenhum dos carros, porém, possui ar-condicionado. Os novos veículos foram comprados após a Agência Municipal de Regulação e Serviços Públicos (Agereg) multar a empresa em R$ 2,7 milhões por descumprir o contrato.

Isso porque este ano 47 carros tiveram o prazo de validade de uso vencido, isso fez com que a média de idade da frota chegasse a 6,7 anos, sendo que o estabelecido em contrato era de 5 anos.

Para o próximo ano, mais 81 ônibus chegarão ao limite de uso e elevarão a média da frota, por isso a concessionária deverá comprar mais veículos. Levantamento da Agereg mostra que está 2023 o grupo deverá renovar, pelo menos, 10% do total da frota de 555 carros por ano, o que representa 55 carros a cada ano.

Mesmo oferecendo frota de veículos usados, o Consórcio Guaicurus, responsável por 20 anos pela administração do transporte coletivo da Capital, foi o vencedor da licitação realizada em 2012. As empresas foram escolhidas mesmo apresentando maior valor de outorga de concessão do que a concorrente. O valor oferecido foi de R$ 20 milhões, sendo R$ 8,75 milhões maior do que o disponibilizado pela paranaense Auto Viação Redentor.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil
PROJETO DE LEI COMPLEMENTAR

Governo propõe criar Delegacia de Combate à Corrupção na Polícia Civil

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional
HOSPITAL REGIONAL

Inquérito apura falta de equipamento para cirurgia no Regional

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação de R$ 2 milhões
DOURADOS

Justiça aceita denúncia contra cinco por fraude em licitação

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularizar contratos
HABITAÇÕES

Comunidade ganha moradias e inadimplentes recebem prazo maior para regularização

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião