Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BOLETIM EPIDEMIOLÓGICO

Campo Grande e Dourados registram mortes por gripe na semana

No Estado, são 46 vítimas da doença no ano

24 JUL 19 - 16h:47GLAUCEA VACCARI

Dourados teve a primeira morte por gripe confirmada neste ano no município, enquanto Campo Grande registrou mais um óbito pela doença na última semana, segundo consta em boletim epidemiológico divulgado hoje (24) pela Secretaria Estadual de Saúde (SES). De janeiro até esta terça-feira (23), Mato Grosso do Sul soma 46 mortes por gripe.

Campo Grande, que já somava 16 mortes e com a nova confirmação, número de vítimas subiu para 17. Vítima é uma mulher de 67 anos, que veio a óbito no último sábado por Influenza A H1N1, e que tinha como comorbidade diabetes, Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (Dpoc) e embolia pulmorar.

Já em Dourados, mulher de 54 anos morreu no dia 19 de julho, também por H1N1, sendo o primeiro caso confirmado na cidade neste ano.

Óbitos ocorridos de janeiro até hoje já superam o registrado durante todo o ano passado, quando gripe vitimou 33 pessoas. Notificações também superam o total de 2018, com 1.137 neste ano, contra 1.028 no ano anterior.

Outros municípios que tiveram vítimas de gripe neste ano são Corumbá (3), Três Lagoas (6), Aquidauana (3), Ponta Porã (3), Rio Verde de Mato Grosso (2), Inocência (1), Porto Murtinho (1), Mundo Novo (1), Água Clara (1), Naviraí (1), Inocência (1), Sidrolândia (1), Bonito (1), São Gabriel do Oeste (1), Nioaque (1), Ribas do Rio Pardo (1) e Deodápolis (1).

O número de mortes, que é o maior dos últimos dois anos, causa preocupação devido ao, quando com o frio e tempo seco, aumenta a incidência de doenças respiratórias e virais. 

GRIPE

Doenças causadas pelo vírus da Gripe causa sintomas de febre alta, mal-estar, dores de cabeça, espirros constantes e tosse. Em alguns casos de H1N1, pode haver também dificuldade para respirar ou falta de ar.

Quando os sintomas aparecem, o aconselhável é procurar imediatamente a Unidade de Saúde mais próxima da residência do paciente para o diagnóstico médico e tratamento adequado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Simone diz que reformas podem ser discutidas simultaneamente
TRIBUTÁRIA E PREVIDÊNCIA

Reformas podem ser discutidas ao mesmo tempo, diz Simone

Cantora sertaneja denuncia o ex-namorado por agressão na Capital
INVESTIGAÇÃO

Cantora sertaneja denuncia o ex-namorado por agressão

Após demora em atendimento, jovem ofende funcionários e danifica carros
SE IRRITOU

Após demora em atendimento, jovem ofende funcionários e danifica carros

Mistura de queimadas com frente fria explicam dia cinza em MS
TEMPO

Queimadas e frente fria explicam dia cinza em MS

Mais Lidas