Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CRIME BRUTAL DO JD. CAMPO NOBRE

Cabeleireira foi estrangulada após perguntar se autor abusou da filha

Acusado foi preso em 2008 pelo crime

11 JUN 19 - 11h:03RAFAEL RIBEIRO

A cabeleireira Érica Aguilar Pereira, 39 anos, foi morta por estrangulamento pelo namorado na manhã desta terça-feira (11), em um condomínio do Jardim Campo Nobre, região sul de Campo Grande, após perguntar a ele se havia abusado sexualmente de sua filha, de 14. O acusado, conhecido como 'Biscoito', de 39, já foi preso em flagrante pelo crime em 2008, além de ter passagem anterior pela polícia por tráfico de drogas. O casal estava separado há alguns meses e decidiu reatar há poucas semanas.

A polícia busca esclarecer o ocorrido. Segundo a delegada Sueili Araújo, responsável pelo caso, a adolescente acordou com o acusado já com as mãos em seu pescoço. "Falou para ela não gritar e que sua mãe estava dormindo", disse.

No relato de vizinhos, uma briga aconteceu por volta das 23h. Às 3h, a menina começou a pedir ajuda nas casas vizinhas, alertando que a mãe estava morta. A polícia suspeita que foi quando ela conseguiu de livrar do acusado e correr de dentro de casa.

Em seu depoimento, a adolescente diz que não haviam sinais de anormalidade na rotina da família. A mãe passava por dificuldades financeiras e o acusado a ajudava, inclusive com seus filhos, a menina e seu irmão , de 4.

Durante a noite, como ficaria um tempo a mais no salão em que trabalha, no mesmo bairro, Érica ligou a 'Biscoito' pedindo para ele levar as crianças para jantar. Quando o acusado voltou, a briga começou.

Vizinhos e a própria adolescente confirmam que o acusado passou a ficar agressivo quando questionado se abusou sexualmente dela. É apurado se Érica não sabia do antecedente do namorado, com quem brigara e reatara a relação há apenas algumas semanas.

De concreto, a polícia encontrou o apartamento sem energia elétrica. A suspeita é de que o autor tenha cortado para invadir a residência pela madrugada, já que, pelo relato da jovem, 'Biscoito' saiu enfurecido dizendo que iria tomar banho após a discussão. E ela dormiu junto do irmão sem notar qualquer troca de agressão física. Só voltou a vê-lo quando estava com as mãos em seus pescoço.

'Biscoito' segue foragido até a publicação desta reportagem. Equipes da PM e da própria Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher, onde o caso foi registrado, estão nas ruas buscando encontrá-lo. Ele foi indiciado por homicídio qualificado, entre eles quando praticado contra mulher, feminicídio, e tentativa de assassinato.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Projeto para criação da Polícia Penal do Estado é apresentado
MUDANÇA

Projeto para criação da Polícia Penal do Estado é apresentado

Antes de levar Linguiça de Maracaju a todo o país, empresa uniu família
SELO NACIONAL

Antes de levar Linguiça de Maracaju a todo o país, empresa uniu família

FLAGRANTE

Árvore vira berçário do mosquito da dengue; veja o vídeo

Sesau pede que população ajude o poder público informando acúmulo de água em espaços públicos
Pacientes sofrem com gestão indefinida e ameaça de greve
HOSPITAL REGIONAL

Pacientes sofrem com gestão indefinida e ameaça de greve

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião