Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORUMBÁ

Brasileiro preso na Bolívia
é entregue ao Brasil

Ele constava em lista da Interpol como um dos dez mais procurados

15 MAR 19 - 17h:47GLAUCEA VACCARI

Considerado um dos dez presos mais perigosos do Brasil, o brasileiro Gilmar José Baseggio, preso em Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, já está em Corumbá. Ele foi entregue pela polícia boliviana à Polícia Federal na noite de ontem, sob forte esquema de segurança.

De acordo com o site Diário Corumbaense, Polícia Federal informou que em breve Gilmar será escoltado para cumprimento de pena, mas não foi divulgado para qual local ele será encaminhado. As informações sobre o caso e circunstâncias da prisão estão concentradas na Superintendência da PF em Rondônia.

Baseggio foi preso após investigações em conjunto das polícias boliviana e brasileira, por meio do Centro Regional de Inteligência Antinarcótico, em Santa Cruz de La Sierra, por volta das 20h30 de quarta-feira (13). Na cidade boliviana, ele atuava no setor de agronegócio.

Gilmar constava em lista da Polícia Federal e da Interpol como um dos dez criminosos mais procurados do País. 

De acordo com a PF, ele era procurado por suspeita de furto qualificado, lesão corporal, associação para o tráfico de substâncias entorpecentes, ocultação de cadáver, homicídio e tentativa de homicídio de agentes da corporação em Pimenteiras do Oeste (RO).

Ele foi preso no Brasil em 2002, após ser acusado de matar um policial federal e ferir outras duas pessoas. Ele ficou detido na prisão de Rondônia até 2012, quando fugiu e desde então era procurado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Primeira Organização Social<br> do Estado será substituída
SAÚDE

Primeira Organização Social do Estado será substituída

Operação investiga fraude em licitação para desvio de dinheiro público
ÁGUA CLARA

Gaeco cumpre mandado em empresa suspeita de fraude

Homem cochila, bate em caminhão e mulher fica presa às ferragens
TRÂNSITO

Homem cochila ao volante
e bate em caminhão

Governo promete pagar 12 meses <br> de Cassems para quem aderir ao PDV
DEMISSÃO VOLUNTÁRIA

Governo promete Cassems para quem aderir PDV

Mais Lidas