Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PANDEMIA

Bolsonaro edita decreto e determina casas lotéricas e atividades religiosas como serviços essenciais

Decreto estabelece que funcionamento deverá obedecer determinações do Ministério da Saúde
26/03/2020 08:30 - Bruna Aquino


O presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido) editou decreto que torna as casas lotéricas e as atividades religiosas, parte da lista de atividades e serviços considerados essenciais em meio ao combate ao novo coronavírus no Brasil.  O decreto editado foi publicado na edição desta quinta-feira (26) no diário da União.

Ao ser considerado essencial, o serviço ou atividade fica autorizado a funcionar a partir de hoje mesmo, durante restrição, ou quarentena em razão do vírus. No entanto o decreto estabelece que essas atividades devem cumprir as orientações do Ministério da Saúde. 

QUARENTENA
Em fevereiro, Bolsonaro sancionou a lei que trata de quarentena durante a epidemia de coronavírus no Brasil. Na sexta-feira (20), o presidente alterou o texto da lei por meio de uma medida provisória, que estabeleceu que devem ser resguardados da quarentena "o exercício e o funcionamento de serviços públicos e atividades essenciais".

Por meio da mesma MP, Bolsonaro tem poder para definir por decreto o que é serviço público e atividade essencial.

No decreto, 35 itens foram incluídos, entre eles, assistência à saúde, segurança pública e transporte intermunicipal, interestadual e internacional de passageiros. Nesta quinta, o presidente alterou esse decreto para incluir mais 12 atividades – entre elas, as religiosas.

 

*com informações do G1

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...