Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 14 de dezembro de 2018

Campanha

Azambuja se esquiva de perguntas e
coloca decisões nas mãos do partido

Meses de julho e agosto serão decisivos, diz governador

14 MAR 2018Por LEANDRO ABREU E GABRIELA COUTO11h:20

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se esquivou das perguntas sobre a campanha para sua reeleição e as alianças que o partido deve firmar. Os meses de julho e agosto devem ser decisivos, conforme o chefe do Executivo estadual.

“A partir de julho e agosto vão começar a ter composições do partido. O partido é maduro para fazer uma eleição com os demais e vou colocar na mesa. Confio na inteligência e sabedoria dos dirigentes do PSDB, para construir um projeto, ter apoio da população e se consagrar vitorioso nessa eleição”, disse Azambuja sem responder sobre uma possível aliança com o pré-candidato ao Senado, Nelsinho Trad (PTB).

O governador não quis repercutir a afirmação de seu secretário de Governo, Eduardo Riedel, que pretende sair para concorrer a uma das vagas ao Senado, mas afirmou que sua candidatura estaria nas mãos de Azambuja.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também