Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

REFORÇO DE PESO

Avião será usado em combate a incêndio que se alastra no Pantanal

Aeronave será enviada pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal

17 SET 19 - 19h:26GLAUCEA VACCARI

Combate ao incêndio florestal, que se alastra pelo Pantanal e Cerrado, terá reforço a partir desta quinta-feira (19), com apoio do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, que enviará uma aeronave e 34 militares para auxiliarem nas regiões mais críticas. Vinda da equipe, a pedido do Governo do Estado, foi confirmada pela Sala de Situação Integrada, coordenada pela Defesa Civil do Estado. Nesta terça, foram registrados 373 focos de calor na região. 

A operação aérea deve começar efetivamente na sexta-feira (20), sendo utilizada nos trabalhos um Air Tractor, modelo AT-802F fabricado nos Estados Unidos, com autonomia de 4 horas e capacidade para transportar até 3,1 mil litros de água. Também foram garantidos os recursos financeiros para esta operação.

Para definir as estratégias de ação a serem adotadas, nesta quarta-feira (18), será feito um sobrevoo nas regiões com maior concentração de focos de incêndio, segundo o chefe do Centro de Proteção Ambiental do Corpo de Bombeiros do Estado, tenente-coronel Waldemir Moreira. 

A operação de combate deve durar, conforme estimativa inicial, dez dias, e o posto de comando será em Aquidauana. As operações aérea e terrestre serão desenvolvidas nos municípios de Corumbá, Aquidauana, Miranda, Bodoquena, Porto Murtinho e Bonito. 

Parte da operação começou a ser montada na reunião da Sala de Situação Integrada, com a discussão sobre as pistas de pouso para servir de apoio e o transporte de água e querosene para a aeronave. 

As áreas críticas são o Pantanal e o entorno do Parque Nacional da Serra da Bodoquena, onde o fogo avança em direção à reserva. Há focos também próximos ao Parque Estadual do Rio Negro, entre Aquidauana e Corumbá.

“Vamos sobrevoar estas áreas e montar uma estratégia de combate aéreo, que será definida após a chegada da equipe de Brasília”, informou o tenente-coronel Moreira. 

CHUVAS SÓ NA PRÓXIMA SEMANA

Conforme dados do Centro de Monitoramento do Tempo e Clima de Mato Grosso do Sul (Cemtec) há expectativa de chuvas para o Estado no período de 25 de setembro a 3 de outubro, com acumulado de 20 milímetros.

Segundo o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Corumbá liderou novemamente o ranking de focos de calor, com 152 (40%), seguida por Aquidauana, com 63 (17%); Porto Murtinho, 42 (11,3%); e Miranda (17 (4,6%). 

* Com assessoria

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Educação de MS é a nona melhor País em competitividade
RANKING NACIONAL

Educação de MS é a nona melhor País em competitividade

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado
EVITE ATRASO

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado

Crise do PSL trava projeto de reforma do Hotel Campo Grande, diz prefeito
PARADO

Crise do PSL trava projeto de reforma de hotel, diz prefeito

Prefeitura entrega novos ônibus e garante reforma de terminais em novembro
MAIS 20 VEÍCULOS

Prefeitura entrega novos ônibus e garante reforma de terminais em novembro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião