Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ESCLARECIMENTOS

Audiência pública apresentará situação das barragens em Corumbá

Evento acontecerá na UFMS e será aberto à população
01/04/2019 16:33 - ALINE OLIVEIRA


 

Nesta quarta-feira (3) às 18h30,  uma audiência pública realizada no auditório do campus da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em Corumbá, apresentará para população em geral, a estrutura e os métodos construtivos das barragens existentes no município e na cidade de Ladário. 

As equipes técnicas das empresas Vale e Vetorial explicarão também, as medidas adotadas com objetivo de ampliar a segurança nas barragens e informarão planos de emergência adotados, em casos de acidentes imprevistos. 

Com intermediação feita pelo Ministério Público Federal (MPF), a audiência será presidida pela procuradora da república, Maria Olívia Pessoni Junqueira. O evento será aberto ao público e contará com a presença de professores e pesquisadores da UFMS. 

QUESTIONAMENTOS

Além do MPF/MS, Ministério Público Estadual (MPMS) e Ministério Público do Trabalho em MS (MPT-MS) investigam irregularidades detectadas durante vistoria nas duas barragens da Vetorial Mineração S.A. instaladas em Corumbá. 

No início do ano, o MPMS solicitou apuração das condições de 21 barragens instaladas pelas duas empresas que realizam atividade de extração de minério. Conforme informado pelo órgão, o objetivo foi de apurar se os empreendimentos respeitam as exigências legais e se os órgãos de fiscalização cumprem seu papel.

SERVIÇO

A audiência pública "Barragens de Mineração em Corumbá e Ladário: riscos e medidas preventivas", acontecrá no dia 3 de abril, a partir das 18h30, no auditório Salomão Baruki -  campus Pantanal da unidade II da UFMS, em Corumbá (MS). O endereço do evento é Rua Poconé, s/n, bairro Universitário. 

*Com informações da Ascom MPF/MS

Felpuda


Pré-candidato pode estar sendo “fritado” sem ao menos perceber. Redes sociais que têm estreitas ligações com ex-cabecinhas coroadas e que prometeram apoio estão enaltecendo que só certo pré-candidato de outro partido. Quem conhece as ditas figurinhas de, digamos, outros carnavais, acredita que está em curso operação sorrateira para mudar internamente os rumos da futura campanha. Trocando em miúdo: ceder a cabeça de chapa.