Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DIA DA ÁRVORE

Árvores em contato com fiação podem causar incêndios e choque elétrico

Manejo é de responsabilidade da empresa de distribuição

21 SET 19 - 17h:36FÁBIO ORUÊ

Plantio de um planta requer cuidados, principalmente se tratando de árvores em centros urbanos, como Campo Grande. A manutenção é necessária para evitar acidentes, como incêndios e choque elétrico por conta do contato da folhagem com a fiação de energia da cidade. 

“As pessoas falam muito sobre o plantio no Dia da Árvore, como uma forma de sustentabilidade ambiental. No entanto, o manejo correto é também uma forma de preservação. Com o tempo, a árvore pode ficar entrelaçada na fiação e existe o risco de incêndio, além de choque elétrico, por isso a importância do manejo correto para garantir a harmonia e o conforto para a população”, afirmou o coordenador de Manutenção da Distribuição da Energisa, empresa que distribui energia para Campo Grande, Rodolfo Acialdi Pinheiro.

De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente e Gestão Urbana, a responsabilidade de manutenção das plantas que estão em contato com os fios é da empresa que distribui a energia. 

DIA DA ÁRVORE 

A Energisa dá continuidade as ações de manejo previstas no plano de poda anual, em Campo Grande. A ação deve se estender durante todo o final de semana, com planejamento para manter o equilíbrio entre a vegetação e a rede elétrica, garantindo também a segurança da população.

Segundo o coordenador, a empresa tem um plano anual de manutenção, com diversos critérios a serem seguidos. Na área urbana da cidade, por exemplo, foi definido um quadrilátero onde o trânsito é mais intenso.

“As equipes intensificam as ações no período matutino, começando às 5h30, com a intenção de amenizar o impacto no trânsito. Esse quadrilátero compreende as Avenidas Ernesto Geisel, Ceará, Rachid Neder e Fernando Correa da Costa. As demais regiões, seguem outra estratégia de execução, garantindo o cumprimento do plano anual”, ressaltou Pinheiro.

Neste quadrilátero, até o momento, já foi realizada 85% das podas. São cerca de 1,5 mil árvores em contato com a rede de média tensão e que necessitam de manejo periódico. A previsão, ainda conforme a concessionária, é encerrar as atividades na primeira semana de outubro.

“A iniciativa é parte importante da preparação da empresa para o período das chuvas. É importante também ressaltar que todas as podas possuem autorização do poder público e os resíduos são destinados à uma usina de compostagem aqui mesmo na Capital, aonde viram adubo orgânico”, finalizou.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Educação de MS é a nona melhor País em competitividade
RANKING NACIONAL

Educação de MS é a nona melhor País em competitividade

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado
EVITE ATRASO

MEC divulga horário de provas do Enem em cada estado

Crise do PSL trava projeto de reforma do Hotel Campo Grande, diz prefeito
PARADO

Crise do PSL trava projeto de reforma de hotel, diz prefeito

Prefeitura entrega novos ônibus e garante reforma de terminais em novembro
MAIS 20 VEÍCULOS

Prefeitura entrega novos ônibus e garante reforma de terminais em novembro

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião