MANEJO

Árvores da Avenida Mato Grosso recebem tratamento após morte de figueira

Figueira centenária da Avenida Afonso Pena será removida após morte
20/01/2020 17:32 - ADRIEL MATTOS


 

Figueiras do canteiro central da Avenida Mato Grosso, na região central de Campo Grande, passarão por novo tratamento. Uma próxima etapa incluirá as árvores plantadas ao longo da Avenida Afonso Pena.

A medida foi anunciada nesta segunda-feira (20), uma semana após o Correio do Estado noticiar a morte de uma figueira centenária da Avenida Afonso Pena. A carcaça será retirada e passará por análise para determinar as causas da morte.

O serviço é realizado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur) durante a noite, com supervisão da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran). Hoje, as árvores do trecho entre as ruas 13 de Maio e Rui Barbosa serão a primeiras a passar pelo manejo.

Será aplicado óleo de neem, para combater insetos que causam danos às figueira. A aplicação será repetida após 15 dias. “Estas figueiras são símbolos da nossa cidade e esse trabalho de manutenção delas deve ser contínuo, pois sabemos que elas necessitam de cuidados especiais para a sua preservação”, disse o titular da Semadur, Luís Eduardo Costa.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".