Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 05h48min

JOÃO DE BARRO

Artesão é assassinado e deixado
no banheiro de casa

Haviam marcas de sangue por toda a residência

13 FEV 19 - 10h:36TERO QUEIROZ

O artesão Valmir Souza Gomes, de 61 anos, conhecido como João de Barro foi encontrado morto, na noite desta terça-feira (12), em um banheiro de sua residência, na periferia de Dourados. A Polícia Civil suspeita que o idoso tenha sido assassinado. 

Segundo a polícia, haviam sinais de sangue por toda a casa e o corpo do artesão estava em um banheiro nos fundos. Até o momento não é possível determinar quais os motivos do crime.

Peritos criminais da Polícia Civil de Dourados também estiveram na cena do crime para fazer os levantamentos necessários. O laudo com as circunstâncias do crime ainda não foi divulgado. 

A reportagem do Correio do Estado entrou em contato com a 1° Delegacia de Polícia Civil de Dourados para ter detalhes sobre o caso, mas nenhuma informação foi repassada para não atrapalhar as investigações. 

Valmir Gomes tinha uma banca de vendas de artesanato instalada às margens da rodovia BR-463, na região do BNH 4º Plano.

 

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Nova regra obriga fechamento  de barragem em MS
MINERAÇÃO

Nova regra obriga fechamento de barragem em MS

Em 1 ano, 68 mil  deixam planos de saúde
SAÚDE

Em 1 ano, 68 mil deixam planos de saúde

BRASIL

Prefeito é investigado por mandar funcionários assistirem a show de noiva

BRASIL

Casal de empresários doa R$ 40 milhões para hospital que atende SUS

Mais Lidas