VEÍCULOS

Após três dias, sistema <BR>do Detran volta a funcionar

Pessoas com prazos vencidos devem procurar as agências amanhã
21/02/2019 18:43 - GLAUCEA VACCARI


 

Após três dias fora do ar, o sistema do Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran/MS) foi restabelecido no fim da tarde desta quinta-feira (21). Desta forma, todos os serviços relacionados a veículos, que estavam inoperantes, voltaram ao normal.

No início da tarde, diretor de tecnologia da informação do Detran, Robson Roberto Alencar, explicou que o problema começou na última terça-feira (19), quando houve queda nos links de comunicação das operadoras, que afetaram a base nacional e o Sistema Nacional de Gravames (SNG) ficou inoperante nos Detrans estaduais e apenas no órgão de MS não voltou a operar.

Pelo menos seis mil serviços deixaram de ser feitos no período, entre emissão de documentos, emplacamentos, transferências, alienações e desalienações, liberação de pátios, entre outros.

O Sistema é administrado pela empresa B3 e profissionais da terceirizada e técnicos do Detran trabalharam para solucionar o problema, sendo o acesso restabelecido nesta tarde. Não foi informado qual o problema identificado.

O Detran informa que todas as pessoas prejudicadas com prazos vencidos durante o período que o sistema ficou inoperante devem procurar as agências nesta sexta-feira (22), para regularizar a situação. Não haverá incidência de multas.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".