Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DOURADOS

Após temporal, dez árvores são cortadas

Mais de seis famílias tiveram suas casas alagadas

10 FEV 19 - 14h:36IZABELA JORNADA

Chuva forte e temporal em Dourados deixa ruas alagadas e trânsito lento devido a baixa visibilidade. A informação do Corpo de Bombeiros da cidade é de que mais de dez ocorrências para corte de árvores foram atendidas e, aproximadamente, seis casas ficaram alagadas.

A chuva começou repentinamente às 12h30 e acabou às 14h30. Foram duas horas de temporal, mas o suficiente para que famílias tivessem suas residências invadidas pelo forte temporal.

Ainda de acordo com a equipe dos bombeiros, algumas casas localizadas perto do Rego D´água e que estão construídas abaixo no nível foram as mais atingidas.

De acordo com informações do site Clima Tempo, a previsão era de que choveria 8mm em Dourados, durante a tarde e à noite deste domingo (10). A variação da temperatura está prevista entre 31º a máxima e 24º a mínima.
 

Segundo o meteorologista Natálio Abrão, as pancadas de chuvas isoladas e fortes resultaram em 27mm e vento de 5401km/h, registrados às 13h05. A temperatura caiu de 31º para 21,1º em uma hora, na cidade de Dourados.

*Matéria editada às 15h57 para acréscimo de informações

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva
CAMPO GRANDE

Teto do CTI da Santa Casa despenca por conta da chuva

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz
CAIOBÁ

Caçamba de caminhão levanta, derruba fiação e deixa bairro sem luz

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem
CONFIRA DICAS

Vai pegar a rodovia? Tome alguns cuidados na sua viagem

Após quase dois meses, gripe volta a matar em Mato Grosso do Sul
INFLUENZA

Após quase dois meses, gripe volta
a matar em Mato Grosso do Sul

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião