Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 16 de outubro de 2018

Concessionária

Após protesto por demissões, Energisa afirma que quadro aumentou 33%

Em nota, empresa cita investimentos de R$ 1 bilhão desde 2014

12 JUN 2018Por LEANDRO ABREU10h:02

Após manifestação de funcionários ontem (11) em protesto das mais de 600 demissões nos últimos quatro anos, a concessionária Energisa afirma que já foram investidos mais de R$ 1 bilhão desde 2014 e que o quadro de colaboradores aumentou em 33% com a internalização dos serviços, contradizendo o que o sindicato que representa os trabalhadores disse.

Em nota, a concessionária de energia do Estado citou ainda que 313 funcionários foram promovidos nos últimos quatro anos, com mais de 400 mil horas de treinamentos realizados. “Na última pesquisa de clima realizada com seus colaboradores, neste ano, pelo instituto GPTW [Great Place to Work], a Energisa MS atingiu o índice de 79,01% de confiança, consolidando-se como uma excelente empresa para se trabalhar, com um ambiente de trabalho saudável e colaborativo”, comenta na nota.

Sob ameaça de greve dos funcionários, caso a situação das contínuas demissões permaneça, a Energisa reafirma que foi eleita, em 2017, como a melhor distribuidora de energia das regiões Norte e Centro-Oeste pela Associação Brasileira de Distribuidoras de Energia Elétrica (Abradee).

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também