Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

CAMPO GRANDE

Após drenagem, Avenida Bandeirantes começa a receber novo asfalto

Término da obra é previsto em dezembro pela Prefeitura

21 AGO 19 - 11h:02RAFAEL RIBEIRO

A Prefeitura de Campo Grande iniciou nesta quarta-feira (21) o primeiro trecho de recapeamento da Avenida Bandeirantes, entre a Avenida Afonso Pena e a Rua 26 de Agosto, na região central da Capital. O planejamento inicial é que a requalificação da via, por onde circulam 45 mil veículos diariamente, seja concluída até dezembro, garantindo novo pavimento e sinalização.

Em quatro meses de andamento da obra, iniciada em abril,  já foram implantados mais e 90% dos 3.748 metros de  drenagem projetados e conclusão de 927 metros quadrados de remendo profundo (onde foi preciso refazer a base do asfalto antigo). A pista também foi ampliada em 325 metros e está em execução mais 110 metros, além de calçadas e meio-fio em vários trechos.

O projeto de drenagem inclui a implantação de 1.750 metros de tubulação na própria avenida; 1.283 metros de conexões nos poços de visita para ampliar a capacidade de captação das bocas de lobo (os chamados bigodes);mais 710 metros de rede para conexão com a rede da Avenida Manoel Costa e Silva (subindo Rua a Raul Maluf);  tubulação pela Rua Santa Adélia até 2 de Março, no conjunto Cooaphama, fazendo com que a enxurrada desague no Rio Anhandui, perto do Shopping Norte Sul.

Foram implantados ramais em ruas transversais  a Bandeirantes para  conexão com as redes existentes nos bairros Taquarussu e Jacy, onde será aproveitada a rede implantada pelo Exército nas Ruas José Paes de Farias e Itália, como parte do projeto de recapeamento da Rua Brilhante.

Junto com a drenagem, a Águas Guariroba substituiu a rede de água de canos de amianto por PVC e a MS-Gas implantou  ramal de gás natural entre as avenidas Salgado Filho e Afonso Pena, expansão de serviço planejado para evitar que no futuro o asfalto novo tenha de ser danificado para abertura de valeta.

A OBRA

A Avenida Bandeirantes, desde a rotatória com a Avenida Manoel da Costa Lima, até o final na Avenida Afonso Pena, tem 3,8 quilômetros. Ela Integra, junto com as ruas Guia Lopes/Brilhante/ Marechal Deodoro e Gunter Hans, o corredor sudoeste do transporte coletivo, ligação do centro da cidade com os terminais de integração Bandeirantes e Aero Rancho, onde passam diariamente mais de 60 mil usuários, seja em ônibus ou carro particular.

Serão investidos na Avenida Bandeirantes, incluindo drenagem, recapeamento, sinalização e implantação de sete estações de pré-embarque no corredor do transporte coletivo, R$ 6.462.933,73 (recursos do PAC Mobilidade), e R$ 2.297.378,94 (contrapartida do Governo do Estado).

Todo o pavimento atual, comprometido e cheio de ondulações por sucessivos tapa-buracos, será retirado (fresado) e em alguns locais, até a base do asfalto, já foi  refeita, o chamado remendo profundo.

Será aplicada uma camada de quatro centímetros de CBUQ. Na pista do corredor, o material usado será o asfalto polimerizado, enquanto a área das sete estações de pré-embarque programadas terá o chamado piso rígido.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana
CAMPO GRANDE

Confira ruas que serão interditadas no fim de semana

Decisão do TJ sobre PRF que matou empresário abre precedente no STF
RICARDO SU MOON

Decisão do TJ sobre PRF que matou empresário abre precedente no STF

Após um mês, emissão de RG é regularizada em Mato Grosso do Sul
FINALMENTE

Após um mês, emissão de RG é regularizada em MS

“Eu sei de tudo ‘véio’”, disse mandante para vítima em assalto na Vila Carlota
MÃO ARMADA

“Eu sei de tudo ‘véio’”, disse mandante para vítima em assalto na Vila Carlota

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião