Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 19 de dezembro de 2018

Assalto

Após acidente, trio que roubou Hilux
e R$ 100 mil é preso pelo Choque

Flagrante ocorreu na madrugada desta quinta-feira, no Bairro Universitário

12 JUL 2018Por RENAN NUCCI e RAFAELLY GONÇALVES07h:45

O Batalhão de Choque da Polícia Militar prendeu na madrugada desta quinta-feira trio de assaltantes que invadiram residência no Bairro Universitário, em Campo Grande, e roubaram uma caminhonete Hilux e mais de R$ 100 mil em espécie que estavam no cofre - o valor ainda é contabilizado pelos policiais. Violentos, os criminosos agrediram os moradores e os trancaram no banheiro. Durante tentativa de fuga, bateram o veículo em um poste. As identidades deles não foram reveladas, mas todos têm passagens e estavam foragidos. 

Segundo informações divulgadas pelo Choque, uma equipe fazia rondas pela Avenida Gury Marques, no Universitário, quando percebeu que a caminhonete ocupada pelos três indivíduos passou em alta velocidade pela viatura. Suspeitando que o veículo pudesse ser produto de roubo, os militares iniciaram perseguição e deram ordem de parada, mas os ocupantes não obedeceram. Porém, durante o percurso o condutor perdeu o controle da direção e bateu a Hilux em um poste.

Os três indivíduos foram detidos e alegaram que haviam invadido uma casa na região. Dentro da caminhonete estava uma bolsa com mais de R$ 100 mil, notebook e um revólver calibre 38. Os policiais foram para a casa, onde conversaram com o morador que estava com o rosto sangrando, em razão de uma coronhada. A vítima não deu detalhes sobre horário do roubo, nem sobre como foi a abordagem, mas informou que foi agredida juntamente com a esposa, amarrada e trancada no banheiro.

Após a saída dos criminosos, o casal gritou para os filhos pequenos que estavam dormindo, para que os libertassem. As crianças não teriam acordado durante a ação. Ainda segundo o Choque, os três autores já têm passagem e cada um deles estava com mandado de prisão em aberto. A suspeita é de que fossem levar o veículo para a fronteira. O comando do Choque fará coletiva de imprensa ainda hoje para dar mais detalhes sobre o caso.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também