Sábado, 20 de Janeiro de 2018

novo sistema

Alerta sobre desastes no Estado
por SMS começa nesta segunda

Defesa Civil para gerir informações e disparar para cadastrados

14 JAN 2018Por RODOLFO CÉSAR11h:17

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Mato Grosso do Sul confirmou que a partir desta segunda-feira (15) começa o envio por SMS sobre alerta de desastres naturais. Serão 20 municípios no Estado monitorados por conta das fortes chuvas. Atualmente, 16 deles estão sob decreto de situação de emergência.

“É uma importante ferramenta que vai auxiliar nosso trabalho nesse período crítico de chuvas. Podemos enviar tanto alertas para vários municípios ao mesmo tempo, quanto específicos, por exemplo, somente à população de Coxim informando sobre o nível alto do rio Taquari e orientando a população ribeirinha de como agir”, explicou o coordenador-adjunto da Defesa Civil Estadual, tenente-coronel Fábio Catarinelli.

As operadoras de telefonia vão enviar mensagem para usuários, que deverão responder ao SMS para estar inscritos. O texto enviado será:  “Defesa Civil Nacional informa: novo serviço de envio de SMS gratuito com alertas de áreas de riscos. Para se cadastrar responda para 40199 com CEP de interesse”.

A Defesa Civil Estadual explicou que não haverá informativo sobre previsão do tempo. O comunicado será enviado apenas para casos de situação extrema. "Não se trata de mensagens de previsão do tempo, somente dos alertas quando precisarmos avisar a população para uma situação extrema”, afirmou o coordenador-adjunto da Defesa Civil.

As orientações vão servir para explicar como agir preventivamente no caso risco de alagamentos, inundações e em outras situações.

Para parar de receber o SMS, a pessoa poderá pedir a retirada de seu número de telefone a qualquer momento. Esse tipo de sistema opera em mais de 20 países e no Brasil, o modelo foi desenvolvido pelo Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad). Em fevereiro do ano passado ele começou a operar no país, a partir de Santa Catarina.

Leia Também