Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 16 de outubro de 2018

METEOROLOGIA

Agosto tem chuva acima da média,
mas estiagem deve voltar

Fim de semana ainda deve ser de frio, sem pancadas de chuva

11 AGO 2018Por LUANA RODRIGUES16h:30

O mês de agosto mal começou e Mato Grosso do Sul já registra acumulados de chuva acima da média histórica para o mês, como no caso dos municípios de Iguatemi, Aquidauana, Sete Quedas e Miranda. Campo Grande também já acumulou o dobro de chuva do que é esperado para os 30 dias do mês. 

De acordo o assessor técnico do Centro de Monitoramento, do Clima e dos Recursos Hídricos de Mato Grosso do Sul (Cemtec), Carlos Eduardo Borges Damial, entre os dias 4 e 9 deste mês, choveram 75,2 milímetros na Capital. O esperado para o mês todo era de 31,4 milímetros.

O mesmo aconteceu em outras cidades do Estado, como Iguatemi, onde eram esperados 71,2 milímetros de chuva, mas, só nos dias 2 e 3, choveram 79,2 milímetros.

Além dos grandes volumes, uma chuva de granizo de forte intensidade, com duração de cerca de 10 minutos, atingiu o município de Antônio João, na quarta-feira (8). O granizo provocou danos na cobertura de residências, de alguns comércios e nas lavouras de tomate, principal produto da agricultura familiar na região. 

Já nesta sexta-feira, a geada é que pegou produtores de surpresa em 32 municípios do Estado, especialmente nas regiões sul e sudoeste. A sensação térmica ficou abaixo de zero em, pelo menos, 12 cidades. O município que registrou a menor temperatura foi Rio Brilhante, onde os termômetros tiveram temperatura de 1,9°C, com sensação térmica de -3°C. A boa notícia é que as temperaturas voltam subir neste domingo.

De acordo com o meteorologista Natálio Abrahão, em Maracaju (3,2°C), Sidrolândia (3,1°C) e Bela Vista (2,5°C), a sensação chegou a -2°C. Em Bonito (3,6°C), Itaporã (2,9°C), Laguna Carapã (2,9°C) e Ponta Porã (4,1°C) a sensação foi de -1°C. Já em Amambai, Caarapó, Jardim e Santa Rita do Pardo fez zero graus.

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a massa de ar frio que acompanha uma frente fria permanece sobre o Estado e provoca mais queda nas temperaturas. Tais condições foram favoráveis à formação de geadas em pontos isolados no sul e sudoeste.

PREVISÃO

O fim de semana será frio e sem expectativa de chuva em todo Mato Grosso do Sul. Neste sábado, o frio aumenta e ainda seguirá com possibilidade de geada no sul do Estado. Neste domingo, o ar polar perderá força, diminuindo a sensação de frio e com temperaturas em elevação.

Conforme o meteorologista Natálio Abrahão, “não há previsão de chuva no Estado até terça-feira. As mínimas estarão baixas até a manhã de domingo. Já na semana que vem, a temperatura vai subir muito, passando dos 32°C em Campo Grande”, explicou.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também