AMAMBAI

Agentes encontram túnel em cela de presídio e frustram fuga

Presos usavam ferro das camas para cavar e escondiam terra em caixa de descarga
10/09/2015 16:00 - Glaucea Vaccari


Agentes penitenciários descobriram um túnel, de cerca de um metro de produndidade, em uma das celas do Estabelecimento Penal de Amambai (EPAm), cidade distante 342 km de Campo Grande, e frustraram um plano de fuga dos detentos, na noite desse quarta-feira (9).

De acordo com a Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen), os servidores desconfiaram ao ouvir um barulho suspeito na área onde ficam os alojamentos dos detentos e, ao averiguaram as caixas de descarga, notaram grande volume de terra em uma delas.

A direção e chefia do presídio acionaram reforço da Polícia Militar (PM) e localizaram o túnel embaixo de uma das camas da cela. Segundo o diretor do presídio, os presos usaram pedaços de ferro das camas e partes de ventiladores para quebrarem o concreto e cavaram o túnel.

Dos 15 custodiados que estavam na cela, cinco foram identificados como envolvidos no plano de fuga e foram isolados em celas disciplinares. Os outros 10 detentos foram redistribuídos em outros alojamentos do presídio até que seja feito o reparo na cela.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".